Show simple item record

dc.contributor.advisorCzepielewski, Mauro Antoniopt_BR
dc.contributor.authorPeccin, Simonept_BR
dc.date.accessioned2018-01-09T02:26:58Zpt_BR
dc.date.issued1998pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/171809pt_BR
dc.description.abstractA doença nodular da tireóide (DNT) é um problema clínico comum, e na mawna dos casos tem etiologia benigna. O câncer de tireóide, entretanto, também pode manifestarse sob a forma de nódulos tireoidianos, e os pacientes com DNT com maior risco de malignidade devem ser identificados e encaminhados a cirurgia. A punção aspirativa com agulha fina (PAAF) é o principal método diagnóstico na avaliação da DNT, permitindo a redução do número de tireoidectomias e a duplicação do número de carcinomas nas cirurgias, mas os resultados suspeitos, insatisfatórios e os falso-negativos, por outro lado, constituem suas limitações. A ultra-sonografia (US) é um método não-invasivo que permite identificar características dos nódulos tireoidianos consideradas sugestivas de malignidade, porém o seu uso na diferenciação de nódulos malignos e benignos ainda é controverso.O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho da US na detecção de câncer na DNT, compará-lo ao obtido pela P AAF e verificar o efeito do tamanho dos nódulos no desempenho da US. Em estudo transversal, prospectivo, 80 indivíduos com DNT submetidos a tireoidectomia foram avaliados por PAAF e US. As características ultrasonográficas em combinações em paralelo resultaram em um melhor desempenho da US na detecção de câncer na DNT do que as características agrupadas e algumas isoladas. Microcalcificações, halo ausente ou incompleto, ou hipoecogenicidade resultou em sensibilidade de 81,3% e especificidade de 70,3% na detecção de câncer em nódulos tireoidianos. Esse desempenho foi semelhante ao obtido pela PAAF. Foram encontrados dados sugestivos de que a US apresente um melhor desempenho em nódulos com o maior diâmetro entre 3 e 5 cm ou com volume entre 7 e 20 cm3 . Os resultados sugerem que a US pode ser útil no diagnóstico de malignidade em nódulos tireoidianos.pt
dc.description.abstractNodular thyroid disease (NTD) is a common clinicai problem and usually associated a benign etiology. However thyroid cancer may also present as a thyroid nodule therefore it should be identified and treated surgically. Fine needle aspiration biopsy (FNAB) is the principal diagnostic method to identified the malignant etiology of thyroid nodules but it has limitations such as 'suspicious' diagnostic results, insufficient material for diagnosis and false-negative results. Thyroid ultrasound (US) is a non-invasive method that may identify certain nodular features that may be related to a malignant etiology but its role for this purpose remains controversial. The aim of the present study was to evaluate the US performance to predict cancer in NTD, to compare it to the FNAB performance, and to assess the size of nodules effect in the US performance. In a transversal, prospective study, 80 patients with NTD that were sent to surgery were evaluated by both FNAB and US of the thyroid gland. The presence of microcalcifications, partial or completely absent halo and hypoecogeniety were the US aspects that analyzyd in parallel combinations, resulted in better performance to detect cancer in NTD than clustering and some isolated characteristics. These US features yield a sensitivity of 81.3% and a specificity of 70.3% in the detection of cancer in thyroid nodules. This US performance was similar to the one of FNAB. The data suggest that thyroid US performs better in nodules measuring 3 to 5 cm in its greater diameter or whose volume were between 7 and 20 cm3 . Our data also suggest that thyroid US may be useful to identify malignant thyroid nodules.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectNeoplasias da glândula tireóide : Diagnósticopt_BR
dc.subjectNódulo da glândula tireóide : Ultrasonografiapt_BR
dc.titleA ultra-sonografia no diagnóstico de câncer em nódulos de tireóidept_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor-coCastro, Jose Augusto Sisson dept_BR
dc.identifier.nrb000096692pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Medicinapt_BR
dc.degree.programCurso de Pós-Graduação em Endocrinologiapt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date1998pt_BR
dc.degree.levelmestradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record