Show simple item record

dc.contributor.authorZambrano, Fernando Campopt_BR
dc.contributor.authorPaixão, Maurício Andradespt_BR
dc.contributor.authorKobiyama, Masatopt_BR
dc.contributor.authorLeon Guevara, Jean Alexanderpt_BR
dc.contributor.authorNarváez Arturo, Beatriz Eugeniapt_BR
dc.date.accessioned2018-11-08T02:46:57Zpt_BR
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.issn2238-8753pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/184476pt_BR
dc.description.abstractA Gestão de Risco de Desastres Naturais na Colômbia está estruturada a partir do Plano Nacional de Gestão de Risco de Desastres (PNGRD) criado a partir da lei 1.523 de 2012, onde seus principais componentes baseiam-se no conhecimento, redução e manejo do risco. Estas etapas procuram dar proteção à população, melhorar a segurança e qualidade de vida e contribuir com o desenvolvimento sustentável do país. No entanto, em 31/03/2017 o município de Mocoa, estado de Putumayo - Colômbia sofreu um desastre por fluxo de detritos, causando grandes prejuízos socioeconômicos, ambientais e perdas humanas. Assim, o presente trabalho teve como objetivo realizar uma avaliação sobre a gestão de desastres naturais na Colômbia a partir da caracterização do desastre ocorrido no Município de Mocoa. Além disso, analisaram-se seus fatores e mecanismos de ocorrência do fenômeno, bem como da ocorrência do desastre. O fenômeno atingiu grande parte da área urbana causando destruição em mais de 25 bairros da cidade, à infraestrutura de serviços básicos e ocasionou a morte de 332 pessoas Este fenômeno foi causado por uma intensa precipitação de 129 mm em 3 horas e intensificado pelo terreno declivoso. Isto produziu em torno de 600 escorregamentos translacionais, cuja maioria atingiu os canais dos rios nas três sub-bacias que envolvem o município. No entanto, este desastre poderia ter sido evitado se as autoridades encarregadas houvessem tomado as medidas preventivas necessárias, seguindo a estrutura do plano nacional. Porém, as etapas de recuperação e reconstrução estão sendo realizadas de uma maneira efetiva. Desta forma, o entendimento dos mecanismos de ocorrência do fenômeno se faz uma tarefa importante para realizar um bom gerenciamento de desastres, tanto na contribuição sobre o entendimento deste tipo de fenômeno, como na capacitação da população local de se proteger a desastres futuros, sendo esta uma etapa na estrutura de gestão proposta no PNGRD e que necessita ter uma maior importância.pt_BR
dc.description.abstractNatural Disaster Risk Management in Colombia is structured as a result of The National Disaster Risk Management Plan (PNGRD) created by law 1,523 of 2012, where its main components are based on knowledge, reduction and risk management. These steps seek to provide population protection, improve safety and life quality, and contribute to the country’s sustainable development. However, on 03/31/2017, the municipality of Mocoa, Putumayo state - Colombia, suffered a disaster by debris flow, causing large socioeconomic, environmental and human losses. Thus, the present work has as objective to carry out an evaluation on the management of natural disasters in Colombia from the characterization of the disaster that occurred in the Municipality of Mocoa. In addition, their factors and mechanisms of occurrence of the phenomena and the occurrence of disasters were analysed. The phenomenon affected a large part of the urban area, causing several damages in more than 25 districts, including basic services, infrastructure and the death of 332 people. The phenomenon was caused by an intense precipitation of 129 mm in 3 hours and intensified by the mountainous relief. This produced around 600 translational landslides, most of them reached the river channels in the three sub-basins that surround the municipality. However, this disaster could have been avoided if the authorities in charge had taken the necessary preventive measures, following the structure of the national plan. However, the stages of recovery and reconstruction are being carried out in an effective way. In this way, the understanding of the mechanisms of occurrence of the phenomenon becomes an important task to carry out a good management of disasters, as much in the contribution on the understanding of this type of phenomenon, as in the capacity of the local population to protect to future disasters, being this a stage in the management structure proposed in the PNGRD and which needs to be more important.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofRevista de gestão & sustentabilidade ambiental. Palhoça, SC. vol. 7, nesp (2018), p. 135-151pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectDisasters managementen
dc.subjectGestão de risco de desastrespt_BR
dc.subjectHydrology disasteren
dc.subjectEscorregamentos translacionaispt_BR
dc.subjectDesastres naturais : Prevençãopt_BR
dc.subjectMunicipality of Mocoaen
dc.subjectEducação em desastrespt_BR
dc.subjectFluxo de detritospt_BR
dc.subjectColômbiapt_BR
dc.titleGestão de risco de desastres naturais na Colômbia : estudo de caso, desastre hidrológico no município de Mocoa – Putumayopt_BR
dc.title.alternativeRisk management of natural disasters in Colombia : case study, hydrological disaster in Mocoa municipality – Putumayoen
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.nrb001080359pt_BR
dc.type.originNacionalpt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record