Now showing items 1-7 of 7

    • Uma cantiga na noite do meu amigo 

      Peiruque, Elisabete Carvalho (2007) [Journal article]
      O artigo aborda a especificidade das Cantigas de Amigo características da lírica trovadoresca da Península Ibérica, considerando a sua emergência e sua origem pagã dentro do panorama social da Idade Média dominado pela ...
    • O corpo na Idade Média se entrega ao desejo na literatura 

      Araujo, Virgínia Lopes (2009) [Journal article]
      o banho e a higiene não têm espaço considerável nos livros de História. Mesmo assim, na literatura, eles podem ser parte fundamental para entendermos um pouco mais sobre a vida e o imaginário da sociedade medieval. Como ...
    • Galaaz - monge e guerreiro : a influência templária n'a demanda do Santo Graal 

      Rückert, Gustavo Henrique (2009) [Journal article]
      De acordo com Karen Ralls, os romances medievais do graal atingiram o ápice da sua popularidade durante o apogeu da ordem dos templários. Devido ao seu caráter fortemente cristão, a novela de cavalaria A Demanda do Santo ...
    • Reflexões sobre o desejo e a ideologia na misoginia medieval 

      Gomes, Janaína Nazzari (2009) [Journal article]
      O presente artigo propõe reflexões sobre o papel do desejo e da ideologia na misoginia medieval veiculados na novela A Demanda do Santo Graal, texto de caráter panfletário, feito a partir da cristianização de textos pagãos ...
    • Representações literárias do feminino na literatura empenhada e na literatura de ficção : ideologia e expressão 

      Lemos, Cyntia Góes (2009) [Journal article]
      Este trabalho apresenta a literatura como importante fonte de referência para os estudos do feminino na Baixa Idade Média, pois nela encontram-se dados que marcam as intenções da Igreja e os desejos da sociedade. Destacam-se ...
    • Riso, licenciosidade e imaginário : uma leitura de Tirant lo Blanc 

      Peiruque, Elisabete Carvalho (2009) [Journal article]
      A novela espanhola Tirant lo Blanc de Joanot Martorell chama a atenção pela comicidade que se mescla às inúmeras e fantásticas aventuras cavaleirescas. O risível encontra-se em especial nas passagens de marcada licenciosidade ...
    • Tristão : um herói romântico? 

      Espírito Santo, Luísa Cavalheiro do (2009) [Journal article]
      O mito do herói perpassa toda a história da humanidade, pois é inerente ao homem a capacidade de narrar fatos, de se identificar e se autoafirmar num grupo; assim como o desejo de superar seus limites. Contudo, para um ...