Show simple item record

dc.contributor.advisorTolentino Neto, Luiz Caldeira Brant dept_BR
dc.contributor.authorDubois, Ananélia Meirelespt_BR
dc.date.accessioned2019-05-28T02:37:06Zpt_BR
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/194683pt_BR
dc.description.abstractA estudo desenvolvido se refere à correlação das prioridades axiológicas de organização pública da esfera federal e das crenças sobre sustentabilidade dos trabalhadores com o objetivo de investigar a influência dos valores organizacionais sobre as crenças estabelecidas. A pesquisa resultou em dois Estudos. O Estudo 1 apresenta a construção e validação da Escala sobre Crenças sobre Sustentabilidade para identificar as crenças dos trabalhadores a respeito da sustentabilidade sob a perspectiva da tridimensionalidade econômica, social e ambiental. A análise fatorial revelou que essa escala é multidimensional, com quatro fatores: Fator 1 – Justiça Social, Fator 2 – Gestão de Negócios, Fator 3 – Ambientalismo, e Fator 4 – Equilíbrio. No Estudo 2 foram realizadas as correlações entre valores organizacionais e as crenças sobre sustentabilidade, por meio da aplicação conjunta da escala apresentada no Estudo 1 e da Escala de Valores Organizacionais, baseada na Teoria de Valores Humanos de Schwartz, no nível cultural. Os dados apontam que as correlações entre as duas variáveis foram baixas, significando, assim, que os valores organizacionais têm baixa influência sobre as crenças dos trabalhadores sobre sustentabilidade. Pode-se apreender, portanto, que as perspectivas sobre sustentabilidade do público envolvido na pesquisa são construídas no nível individual, havendo baixa influência dos valores organizacionais. No entanto, a vinculação trabalhista representa diferencial existente dentre os trabalhadores – servidores públicos e terceirizados. Foi demonstrado que a influência de valores organizacionais sobre as crenças dos terceirizados sobre sustentabilidade é diferente se comparada à influência sobre os servidores. Os resultados da pesquisa podem oferecer direcionamentos específicos e promissores para a avaliação e elaboração de programas de educação no âmbito institucional considerado. Esse encaminhamento permite a formação de trabalhadores para o entendimento mais amplo da sustentabilidade com perspectivas mais profícuas para a mudança das relações do ser humano com o meio ambiente.pt
dc.description.abstractThe developed study refers to the correlation of the axiological priorities of public organization related to the federal sphere, and this work also refers to the correlation of the beliefs about the sustainability of the workers. The objective is to investigate the influence of the organizational values on the established beliefs. The research resulted in two studies. Study 1 presents the construction and validation of the Sustainability Belief Scale to identify workers' beliefs about sustainability from the perspective of economic, social and environmental threedimensionality. Factor analysis revealed that this scale is multidimensional, with four factors: Factor 1 - Social Justice, Factor 2 - Business Management, Factor 3 - Environmentalism, and Factor 4 - Equilibrium. In Study 2, the correlations between organizational values and beliefs about sustainability were made through the joint application of the scale presented in Study 1 and the Organizational Values Scale, based on Schwartz Human Values Theory, at the cultural level. The data indicate that the correlations between the two variables were low which means organizational values have a low influence on workers' beliefs about sustainability. It can be understood, therefore, that the perspectives on sustainability of the public involved in the research are constructed at the individual level with low influence of organizational values. However, the labor linkage represents existing differential among the workers – public servants and outsourced workers. It was demonstrated that the influence of organizational values on the outsourced workers beliefs about sustainability is different when compared to the influence on the public servers. The results of the research may offer specific and promising directions for the evaluation and elaboration of educational programs within the institutional framework under consideration. This referral allows the formation of workers for a broader understanding of sustainability resulting into profitable perspectives for the change of human relations with the environment.􀀃en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.subjectSustainabilityen
dc.subjectPublic Administrationen
dc.subjectOrganização e administraçãopt_BR
dc.subjectAdministração públicapt_BR
dc.subjectBeliefsen
dc.subjectOrganizational Valuesen
dc.subjectPrincípios moraispt_BR
dc.subjectValores sociaispt_BR
dc.subjectIndicadores de desenvolvimento sustentávelpt_BR
dc.titleA relação de prioridades axiológicas organizacionais e de crenças de trabalhadores sobre sustentabilidadept_BR
dc.typeTesept_BR
dc.contributor.advisor-coPato, Cláudia Márcia Lyrapt_BR
dc.identifier.nrb001093517pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Ciências Básicas da Saúdept_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúdept_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2019pt_BR
dc.degree.leveldoutoradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record