Show simple item record

dc.contributor.advisorCorção, Gertrudespt_BR
dc.contributor.authorMello, Camila Neugebauerpt_BR
dc.date.accessioned2021-11-27T04:51:03Zpt_BR
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/232274pt_BR
dc.description.abstractOs estafilococos são encontrados colonizando parte da microbiota normal da pele humana, contribuindo para a homeostase cutânea e desempenhando papel importante na função de barreira contra infecções. Entretanto, algumas cepas estafilocócicas podem produzir uma variedade de toxinas extracelulares que podem resultar em uma série de patologias. O objetivo deste trabalho é fazer uma revisão bibliográfica sobre a capacidade de Staphylococcus sp. presentes na microbiota da pele humana produzirem toxinas e a implicação disso na doação de pele alógena para enxertos. Para isso, foi feita uma revisão de literatura, com artigos buscados nas bases de dados PubMed, Google Scholar, SciELO e Lilacs, publicados entre 2015 e 2020. Dos 840 artigos encontrados, 23 artigos foram utilizados para elaboração deste trabalho. Constatou-se que diversos microrganismos fazem parte da microbiota comensal da pele, e geralmente não são patogênicas. Quando patogênicas, podem resultar em infecções clínicas graves como Síndrome do Choque Tóxico, Síndrome da Pele Escaldada e intoxicações alimentares, além disso, também podem ser encontrados colonizando peles de doadores utilizadas para aloenxerto. Os aloenxertos cutâneos são um tratamento providencial para pacientes com grande perda de integridade da pele, e como todo transplante, pode haver contaminação desse material biológico e a transmissão de doenças infectocontagiosas. Bancos de Pele foram criados para reduzir esses desfechos desfavoráveis. Existem alguns estudos sobre a microbiota cutânea, mas nenhum associa a presença de toxinas produzidas por estafilococos em tecidos de pele alógena.pt_BR
dc.description.abstractStaphylococci are found by colonizing part of the normal human skin microbiota, contributing to cutaneous homeostasis and playing an important role in the barrier function against infections. However, some staphylococcal strains can produce a variety of extracellular toxins that can result in a number of pathologies. The objective of this work is to make a bibliographic review on the capacity of Staphylococcus sp. present in the human skin microbiota produce toxins and the implication of this in the donation of foreign skin for grafts. For this, a literature review was carried out, with articles searched in the PubMed, Google Scholar, SciELO and Lilacs databases, published between 2015 and 2020. Of the 840 articles found, 23 articles were used to prepare this work. It was found that several microorganisms are part of the commensal microbiota of the skin, and are generally not pathogenic. Once pathogenic, they can result in serious clinical infections such as Toxic Shock Syndrome, Scalded Skin Syndrome and food poisoning, in addition to this, they can be also found colonizing donor skins used for allograft. Cutaneous allografts are a providential treatment for patients with great loss of skin integrity, and like any transplant, there may be contamination of this biological material and the transmission of infectious diseases. Skin banks were created to reduce these unfavorable outcomes. There are some studies on the skin microbiota, but none associate the presence of toxin produced by staphylococci in allogeneic skin tissues.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectStaphylococcuspt_BR
dc.subjectStaphylococcusen
dc.subjectMicrobiomeen
dc.subjectToxinas bacterianaspt_BR
dc.subjectAloenxertospt_BR
dc.subjectSkinen
dc.subjectPelept_BR
dc.subjectToxinsen
dc.subjectAllograftsen
dc.titleProdução de toxinas por Staphylococcus sp. isoladas de amostras de pele : uma revisão bibliográficapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb001133818pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInstituto de Ciências Básicas da Saúdept_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2020pt_BR
dc.degree.graduationBiomedicinapt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record