Show simple item record

dc.contributor.advisorSilva Triviños, Augusto Nibaldopt_BR
dc.contributor.authorNodari, Karen Elisabete Rosapt_BR
dc.date.accessioned2022-07-15T04:48:20Zpt_BR
dc.date.issued1988pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/242554pt_BR
dc.description.abstractEste trabalho tem como objetivo averiguar as dificuldades encontradas pelos jovens no processo de escolha de uma profissão, segundo a opinião dos orientadores educacionais, dos alunos e de seus pais. A fim de atingir este objetivo, foi realizada uma coleta de dados em 51 escolas de 29 grau de Porto Alegre que optaram pela implantação da Lei 7.044/82 (preparação para o trabalho). Primeiramente, aplicou-se um questionário aberto a 50 Orientadores Educacionais, 4 psicólogos e 172 alunos provenientes de 6 escolas. A análise destes questionários originou uma escala de opinião que foi respondida por 26 Orientadores Educacionais, 1 psicólogo e 103 alunos pertencentes a 4 escolas entre as anteriormente selecionadas. Além disso, realizaram-se entrevistas semi-estruturadas individual e grupal em 4 equipes de SOE e com 12 casais de pais. As informações foram analisadas estatisticamente através dos testes U de Mann-Whitney e X² (qui-quadrado). A interpretação dos dados revelou que os alunos, no momento da escolha de uma profissão, estão mais preocupados com os fatores referentes ao contexto sócio-econômico do que com os fatores relativos ao indivíduo, evidenciando a necessidade do Orientador Educacional abordar a questão da escolha de uma profissão fundamentalmente dentro de uma perspectiva social.pt_BR
dc.description.abstractThis work has the purpose of examining the difficulties found by the adolescents in the process of choosing a profession, according to the counselors', students' and their parents' opinion. In order to reach this goal a survey was carried out in 51 Second Grade schools in Porto Alegre which chose the application of the Law 7044/82 (preparation for work). First, an open questionnaire was applied to 50 counselors, 4 psychologists and 172 students proceeding from 6 schools. The analysis of these questionnaires resulted in a scale of opinions that was answered by 26 counselors, psychologist and 103 students belonging to 4 schools among the previously ones slected. Further more, semistructured individual and group interviews were held in 4 SOE teams and with 12 couples. The data were statistically analyzed through the following tests: U (Mann-Whitney) and X² (Ghi-Square). The interpretation of the data showed that the students at the moment of choosing a profession, are more worried about the factors related to the socioeconomic context than the factors related to the individual, stressing the counselor's need of regarding the matter of choosing a profession basically through a social perspective.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectEscolha profissionalpt_BR
dc.subjectOrientação vocacionalpt_BR
dc.titleO dilema da escolha profissional : dificuldades, limitações, perspectivaspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000158190pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.degree.programCurso de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date1988pt_BR
dc.degree.levelmestradopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record