Show simple item record

dc.contributor.authorMaia, Francisco Carlos Zuma ept_BR
dc.contributor.authorDolganov, Alexandrept_BR
dc.contributor.authorLavinsky, Luizpt_BR
dc.date.accessioned2013-12-10T01:49:12Zpt_BR
dc.date.issued2012pt_BR
dc.identifier.issn1806-9312pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/83480pt_BR
dc.description.abstractA utriculostomia é uma nova alternativa cirúrgica para a doença de Ménière. A hipótese cirúrgica desse procedimento é a de que o desfecho de uma lesão do utrículo por eletrocauterização não interfere na função coclear. Contudo, a hipótese de que essa abordagem do utrículo preserva a audição ainda não foi comprovada. Objetivo: Determinar se ocorrem mudanças nos potenciais elétricos evocados na cóclea e no nervo auditivo antes, durante e 1 mês após o procedimento cirúrgico no utrículo em modelo animal. Materiais e Métodos: Estudo experimental: Oito ovelhas foram submetidas à lesão do utrículo por eletrocauterização e sua função coclear foi avaliada por meio de eletrococleografia, registrando-se os potenciais elétricos evocados nos períodos pré-operatório, pós-operatório imediato e pós-operatório de médio prazo. Os resultados foram analisados estatisticamente. Resultados: Não houve variação estatisticamente significativa na amplitude (p = 0,099) e na latência (p = 0,591) antes e 1 mês após o procedimento cirúrgico. Houve alteração estatisticamente significativa na razão entre potencial de somação/potencial de ação (p = 0,0122), representando uma perda calculada de 11,8 dB. Conclusão: A intervenção realizada no utrículo neste estudo permite concluir que, tendo em conta respostas eletrofisiológicas deficientes observadas durante e 1 mês após o procedimento cirúrgico, houve preservação da audição nas ovelhas operadas.pt_BR
dc.description.abstractUtriculostomy is a new surgical alternative for Ménière’s disease. The basis of this procedure is that the outcome of an electrocautery-induced utricular trauma does not affect cochlear function. However, a demonstration of the hypothesis that this approach to the utricle would preserve hearing is still pending. Objective: To determine whether any changes would occur in the electrical potentials evoked in the cochlea and auditory nerve before, during, and 1 month after a surgical procedure in the utricule in an animal model. Materials and Methods: An experimental study. Eight sheep underwent electrocautery-induced utricular trauma, and their cochlear function was assessed by electrocochleography - recording of electrical evoked potentials, in the preoperative, immediate postoperative and medium-term postoperative periods. The results were analyzed statistically. Results: There were no statistically significant variations in amplitude (p = 0.099) and latency (p = 0.591) before and 1 month after the surgical procedure. There was a statistically significant change in the summation of the potential/action potential area ratio (p = 0.0122), a calculated loss of 11.8 dB. Conclusion: The intervention performed in this study enabled us to conclude that, taking into account the impaired electrophysiological responses observed during and 1 month after the surgical procedure, hearing was preserved in the operated sheep.en
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofRevista brasileira de otorrinolaringologia. Rio de Janeiro. Vol. 78, n. 2 (mar./abr. 2012), p. 52-58pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectSaccule and utricleen
dc.subjectDoença de Ménièrept_BR
dc.subjectSurgical proceduresen
dc.subjectSáculo e utrículopt_BR
dc.subjectOperativeen
dc.subjectMeniere diseaseen
dc.titleAvaliação dos potenciais evocados cocleares após lesão do utrículo por eletrocauterizaçãopt_BR
dc.title.alternativeAssessing cochlear evoked potentials after electrocautery-induced trauma to the utricle en
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.nrb000851257pt_BR
dc.type.originNacionalpt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record