Repositório Digital

A- A A+

Referencialidade e poesia : uma análise das práticas de leitura no ensino médio

.

Referencialidade e poesia : uma análise das práticas de leitura no ensino médio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Referencialidade e poesia : uma análise das práticas de leitura no ensino médio
Autor Silva, Antônio Rodrigues da
Orientador Bordini, Maria da Glória
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Ensino de literatura
Ensino e aprendizagem
Ensino médio
Leitura e escrita
Poesia
Práticas educativas
Referencialidade
Textualidade
Resumo O ensino de literatura no Brasil sofre mudanças a partir da edição dos Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, com reflexos sobre a prática de leitura dos vários gêneros literários na sala de aula, incluindo o gênero poético. A despeito disso, pesquisas recentes, que investigam hábitos dos leitores no Brasil, como o INAF ou Retratos da Leitura no Brasil, demonstram continuamente um baixo índice de preferência desses leitores pelo gênero poético em relação a outros gêneros em prosa. No Brasil, a hegemonia de uma tradição de ensino pautado na historiografia literária tem, como consequência, práticas de leitura fundadas na recorrência à função referencial, ou seja, à tentativa de ler poesia mobilizando estratégias de leitura semelhantes àquelas utilizadas para textos de caráter informativo. Partindo desse pressuposto, este trabalho tem como objetivo investigar as práticas de leitura de poesia no ensino médio, procurando identificar em que medida a referencialidade serve como guia de leitura na compreensão do poema em sala de aula. Tendo em vista os objetivos propostos pelos Parâmetros Curriculares Nacionais para o ensino de literatura, investigamos inicialmente quais as concepções teóricas que historicamente orientaram as práticas de leitura em sala de aula e as implicações dessas formulações para a análise do poema. Em virtude da escassez de pesquisas em relação ao tema nessa etapa de escolar, com o objetivo de constituir, em parte, nossa própria bibliografia, entrevistamos especialistas que mantêm uma relação atuante com o ensino, buscando compreender questões relacionadas à dificuldade de leitura do gênero, implicações teóricas para a leitura em sala de aula e alternativas metodológicas, objetivando a formação do leitor. Ainda buscando fundamentar o recorte proposto na nossa pesquisa, verificamos a origem das posições antagônicas sobre a relação da obra literária com a realidade, e as consequentes formulações teóricas que fundamentam uma ou outra posição. Através de um questionário aplicado a alunos do terceiro ano do ensino médio, procuramos identificar procedimentos recorrentes de abordagem do poema, além da articulação entre concepções mais gerais sobre o gênero poético com a análise do poema propriamente dita. Ao final, formulamos como sugestão um capítulo contendo orientações de caráter metodológico para a análise em sala de aula, enfatizando a necessidade da seleção de poemas que, na sua configuração, problematizem a questão da relação referencial, ampliando no aluno a capacidade de compreensão do fenômeno poético.
Abstract Teaching of literature in Brazil undergoes changes with the edition of the National Curricular Parameters for Secondary Education, bringing consequences to the reading practice in classroom of various literary genres, including poetic genre. Nevertheless, recent research investigating the habits of readers in Brazil, like INAF or Portraits of Reading in Brazil, continually demonstrate a low rate of preference from those readers for the poetic genre in relation to other genres written in prose. In Brazil, the hegemony of a tradition of teaching based on literary historiography has as its consequence a reading practice based on the recurrence to referential function, i.e., the attempt to read poetry using strategies of reading similar to those used for informative texts, thus precluding a better understanding of the poetic phenomenon. Based on this assumption, this paper aims to investigate the poetry reading practices in high school, seeking to identify the extent to which referentiality serves as a reading guide in understanding poems in class. Considering the objectives proposed by the National Curricular Parameters for teaching literature, we initially investigate what are the theoretical conceptions that historically guided reading practices in classroom and the implications of those formulations to the analysis of the poem. Due to the dearth of research on this topic regarding this educational stage, aiming to build, in part, our own references, we interviewed experts who maintain an active relationship with education, attempting to understand issues related to the difficulty concerning the reading of the genre, theoretical implications for reading in classroom and methodological alternatives, with aim to the education of the reader. Still looking to substantiate the focus proposed in our research, we verified the origins of the antagonistic viewpoints on the relation between the literary work and reality, and the resulting theoretical formulations that underlie either position. Through a questionnaire given to students from the third year of high school, we sought to identify recurring procedures to approach the poem, as well as the articulation between common conceptions of the poetic genre and the analysis of the poem itself. By the end of this work, we formulate suggestions of methodological guidelines for the analysis in classroom, emphasizing the need for the selection of poems that, in their configuration, discuss the matter of referential relationship, increasing the student's ability to understand the poetic phenomenon.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/102213
Arquivos Descrição Formato
000929070.pdf (1.107Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.