Repositório Digital

A- A A+

A recursividade e seu papel na faculdade da linguagem da espécie humana

.

A recursividade e seu papel na faculdade da linguagem da espécie humana

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A recursividade e seu papel na faculdade da linguagem da espécie humana
Autor Silva, Shanna Lauda Ferreira da
Orientador Othero, Gabriel de Ávila
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Estudos da linguagem
Gramática gerativa
Linguagem e línguas
Recursividade (Linguística)
[en] Cognition
[en] Language faculty
[en] Recursion
Resumo O presente trabalho visa analisar a relevância da propriedade recursiva na definição da maneira como a faculdade da linguagem se apresenta na cognição da espécie humana. Para tanto, faz-se necessário o levantamento das teorias correntes que buscam tal definição, como os trabalhos de Hauser, Chomsky e Fitch (2002), Jackendoff e Pinker (2005), e suas respectivas considerações sobre questões como a exclusividade da propriedade recursiva à espécie humana e ao domínio da linguagem e sua importância na distinção entre a linguagem humana e os sistemas de comunicação de outras espécies. Também é considerado o trabalho de Karlsson (2010) para auxiliar na delimitação do conceito de recursividade e na reflexão sobre sua possível potencialidade de aplicação infinita. Ao final, conclui-se que a recursividade é um princípio da Gramática Universal e uma das características da linguagem humana de papel fundamental e distintivo na caracterização dessa faculdade mental de nossa espécie, estando presente em todas as línguas, ainda que com restrições de aplicação sujeitas aos parâmetros particulares de cada sistema linguístico.
Abstract This study aims to analyze the relevance of recursion in the definition of how the language faculty is established in the human species’ cognition. Therefore, it is necessary to survey the current theories that seek this definition, such as the work of Hauser, Chomsky and Fitch (2002), Jackendoff and Pinker (2005), and their considerations on issues like the uniqueness of the recursive property in our species, its uniqueness in the language field and its importance in the distinction between human language and the communication systems of other species. It is also taken into account the work of Karlsson (2010), in helping to define the concept of recursion and to consider the recursion’s potentially infinite application. Finally, we reach the conclusion that recursion is a principle of Universal Grammar and a very important aspect of human language, playing a distinctive role in the characterization of this cognitive faculty of our species. It is found in all languages, despite the application restrictions subject to the particular parameters of each linguistic system.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/103872
Arquivos Descrição Formato
000921117.pdf (904.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.