Repositório Digital

A- A A+

Forma da dor e dor da forma : significado e função da dor física entre praticantes de bodybuilding em academias de musculação do Rio de Janeiro

.

Forma da dor e dor da forma : significado e função da dor física entre praticantes de bodybuilding em academias de musculação do Rio de Janeiro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Forma da dor e dor da forma : significado e função da dor física entre praticantes de bodybuilding em academias de musculação do Rio de Janeiro
Outro título Form of pain and pain shape : meaning and function of physical pain among bodybuilding practitioners in gyms in the city of Rio de Janeiro
Autor Sabino, Cesar
Luz, Madel Therezinha
Resumo Buscamos destacar os sentidos e significados que a dor representa para os praticantes de fisiculturismo nas academias da cidade do Rio de Janeiro. Foram investigadas oito academias entre as zonas norte e sul da cidade no período de 12 meses (2008-2009), utilizando observações participantes, etnográficas e entrevistas abertas, além dos dados coletados em pesquisa de período anterior. A construção do corpo neste grupo está relacionada a organização e administração da intensidade e dos tipos de dor percebidos e interpretados pelos atletas ou praticantes assíduos, fato associado aos rituais de instituição que constroem a pessoa do bodybuilder. A dor corpórea é, portanto, não apenas parâmetro para a construção eficaz da forma, mas item fundamental para a demarcação hierárquica de papéis e de identidade daqueles que fazem parte da fração dominante no campo da musculação. É também, para alguns indivíduos, uma estratégia para superar o sofrimento.
Abstract We seek to highlight the meanings of pain for practitioners of bodybuilding gyms in the city of Rio de Janeiro. Eight academies between the northern and southern areas of the city were investigated for 12 months (2008-2009) using participants, ethnographic observations and open interviews, in addition to the data collected in the previous survey period. The construction of the body in this group is related to the organization and administration of intensity and type of pain perceived and interpreted by athletes or assiduous practitioners, a fact related to the rituals of institution building one bodybuilder. The bodily pain is therefore not only parameter for the effective construction of form, but fundamental to hierarchical demarcation of roles and identity of those who are part of the dominant fraction in the field of bodybuilding. It is also, for some individuals, a strategy to overcome suffering.
Contido em Physis : revista de saúde coletiva. Rio de Janeiro. Vol. 24, n.2 (2014), p. 467-490
Assunto Antropologia do corpo
Dor
Musculação
[en] Body anthropology
[en] Bodybuilding
[en] Pain
[en] Strength training
[en] Suffering
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/104347
Arquivos Descrição Formato
000938892.pdf (186.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.