Repositório Digital

A- A A+

A construção do fato político midiático na visão dos políticos : uma interdependência aparente

.

A construção do fato político midiático na visão dos políticos : uma interdependência aparente

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A construção do fato político midiático na visão dos políticos : uma interdependência aparente
Autor Lopes, Maria Isabel Nunes
Orientador Guareschi, Pedrinho Arcides
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Brasil
História política
Meios de comunicação
Poder
Política
[en] Aparent interdependence
[en] Media
[en] Political facts
[en] Politicians
Resumo Esta Pesquisa investiga como os meios de comunicação, entendidos como todas as tecnologias de media, são centrais na construção de um capital cultural simbólico para os atores políticos. A visibilidade que constrói a credibilidade e alavanca carreira é a mesma que as destrói através dos escândalos de poder. Numa era de cultura e visibilidade midiáticas, o ambiente de informação é menos controlável em face da proliferação das formas mediadas e das redes de comunicação, tornando-se difícil aos atores políticos encobrirem suas atividades, bem como prever as consequências da exposição midiática. A importância da credibilidade político-pessoal é uma das variantes do capital simbólico ancorado na confiança pública dos eleitores e no meio político. O objetivo principal desta pesquisa é demonstrar a relação entretida pelos meios de comunicação e pelos atores políticos na construção do fato político midiatizado, entendido este como o fato noticiado. Busca também identificar e analisar os fatos narrados nas entrevistas com Políticos das Esferas Federal, Estadual e Municipal, em exercício ou na expectativa de nova eleição. O intuito é fomentar a crítica sobre o fenômeno comunicacional enquanto poder dissociado dos demais poderes constituídos legitimamente. Para interpretação dos dados foi empregado o referencial metodológico da Hermenêutica de Profundidade, considerando o contexto sócio-histórico dos partidos políticos e da comunição, análise discursiva dos dados e a reinterpretação dos achados. Os resultados demonstram uma interdependência aparente, uma vez que as estratégias utilizadas convergem aos acordos de bastidores, excluindo o povo e o espaço público da possibilidade de participar. Encontraram-se relações assimétricas de poder para manutenção da dominação, o que caracteriza o uso estratégico da ideologia, tais como a legitimação, a reificação, a dissimulação. Afirma-se a necessidade de estudos ampliados das relações constitutivas do fato político midiatizado como forma de acesso, conhecimento e participação da esfera pública enquanto poder originário da política.
Abstract This research investigates how the media, understood here as all its technologies, is central in the construction of a symbolic cultural capital for the politicians. The visibility that builds credibility and promotes political carreers is the same that destroys them with power scandals. In an era of culture and media visibility, the information enviroment is less controllable due to the proliferation of different forms of media and its communication networks, making it difficult for the politicians to both hide their activities and predict the consequences of media exposure. The significance of the personal and political credibility is one of the variables of the symbolic capital, which is based on both voters and other politicians’s trust. The main aim of this research is to demonstrate the relationship developed between media and politicians during the construction of the mediatized political fact, defined herein as the reported fact. It also aims at identifying and analyzing the facts narrated in interviews with politicians from the federal, state and municipal spheres, both in current assignment and expecting the next elections. The intention is to foster critical analysis on the communication phenomenon as a power that is decoupled from the other legitimately constituted branches of power. For the data interpretation, the methodological framework of Depth Hermeneutics was used, taking into consideration the historical and social context of the politicians and the media, discursive analysis and reinterpretation of the data. The results demonstrate an aparent interdependence, since the applied strategies converge to the backroom deals, excluding the people and the public sphere from any possibility of participation. The research detected assimetric power relationships to maintain dominance, which caracterizes a strategic use of ideologies, such as legitimation, reification and dissimulation. The results prove the necessity of broad studies on the relationships that compose the mediatized political fact as a way to create access, knowledge and participation of the public sphere while political originated power.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/104364
Arquivos Descrição Formato
000938183.pdf (1.571Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.