Repositório Digital

A- A A+

Qualitative parameters of the piapara semen (Leporinus elongatus Valenciennes, 1850)

.

Qualitative parameters of the piapara semen (Leporinus elongatus Valenciennes, 1850)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Qualitative parameters of the piapara semen (Leporinus elongatus Valenciennes, 1850)
Outro título Parâmetros qualitativos do sêmen de piapara (Leporinus elongatus Valenciennes, 1850)
Autor Streit Júnior, Danilo Pedro
Sirol, Rodolfo Nardez
Ribeiro, Ricardo Pereira
Moraes, Gentil Vanini de
Mendez, Lauro Daniel Vargas
Watanabe, Andre Luiz
Abstract Qualitative parameters of piapara semen (Leporinus elongatus) were evaluated before and after hormonal induction with carp pituitary extract at 2.5 mg.kg–1 of live weight. The progressive motility, the spermatic vigor and the lifetime of the spermatozoa were higher before the hormonal induction (P > 0.05). The percentage of normal spermatozoa and spermatozoa with secondary pathologies did not differ (P > 0.05) between treatments: before induction (44.0 and 44.4%, respectively) and after-induction (44.3 and 46.7%, respectively). However, the percentage of primary pathologies was higher (P < 0.05) for the semen collected before induction than for the semen collected after induction; the estimates were 12.2 and 8.0%, respectively. The most frequent pathologies were the taillessness with the frequencies of 27.4 and 36.3% followed by the headlessness for which the estimates were 10.1 and 3.9%, before and after induction respectively. The semen collected before the hormonal induction presented better qualitative parameters.
Resumo Os parâmetros qualitativos do sêmen de piaparas (Leporinus elongatus) foram avaliados antes e após a indução hormonal com o extrato de hipófise de carpa na dosagem 2,5 mg.kg–1 de peso vivo. A motilidade progressiva, o vigor espermático e o tempo de vida dos espermatozóides apresentaram valores superiores (P < 0,05) no sêmen coletado antes da indução hormonal. Já a estimativa da porcentagem de espermatozóides normais ou com patologias leves, na pré-indução (44,0 e 44,4%, respectivamente) e na pós-indução hormonal (44,3 e 46,7%, respectivamente) não diferiram (P > 0,05) entre os tratamentos. Porém a estimativa de patologias graves foi maior (P < 0,05) no sêmen de pré-indução do que no pós-induzido com 12,2 e 8%, respectivamente. A patologia mais freqüente foi cabeça solta com 27,4 e 36,3% seguida por cauda solta com 10,1 e 3,9%, antes e após a indução hormonal respectivamente. De acordo com os resultados, o sêmen de piapara coletado na pré-indução hormonal apresentou os melhores parâmetros qualitativos.
Contido em Brazilian journal of biology. São Carlos, SP. Vol. 68, n. 2 (maio. 2008), p. 373-377
Assunto Hormônio
Peixe
Sêmen
[en] Fish
[en] Spermatic cells
[en] Spermatic morphology
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/107407
Arquivos Descrição Formato
000942324.pdf (186.3Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.