Repositório Digital

A- A A+

Saúde da mulher no jornalismo impresso de países lusófonos

.

Saúde da mulher no jornalismo impresso de países lusófonos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Saúde da mulher no jornalismo impresso de países lusófonos
Outro título Coverage of women's health in printed newspapers from portuguese-speaking countries
Autor Capp, Edison
Hohlfeldt, Antonio
Resumo A cobertura de tópicos de saúde tem capacidade para afetar as agendas públicas e estimular ações políticas. O Jornalismo assume importante função em influenciar a definição das prioridades de saúde, bem como em disseminar as novas descobertas científicas para o público. Em relação à saúde da mulher, há poucos estudos nacionais sobre o tema, a partir dos meios de comunicação. Este trabalho tem como objetivo verificar como são tratados assuntos como abortamento, contracepção, doenças sexualmente transmissíveis, menopausa e ciclo menstrual, em relação à saúde da mulher, em jornais impressos brasileiros, angolanos e portugueses. Foi realizado um estudo transversal. Durante os meses de janeiro e fevereiro de 2013, foram levantadas todas as edições do Jornal de Angola (Angola), da Folha de São Paulo (Brasil) e do Diário de Notícias (Portugal). Notícias foram buscadas sobre quatro temas específicos em torno da saúde da mulher: abortamento, contracepção, ciclo menstrual/menopausa e doenças sexualmente transmissíveis. Nos meses estudados, estes tópicos foram apresentados diversamente nos três jornais. As diferenças foram devidas aos distintos fatos que geraram notícias para cada jornal. Foi, todavia, comum a todos, a publicação pontual dos temas, a pouca profundidade na abordagem e a perda da oportunidade de difusão de informações.
Abstract Media coverage of health topics has the power to influence public agendas and stimulate political action. Journalism plays an important role in the prioritization of health issues and in the dissemination of scientific findings to the public. There are few Brazilian studies on media approaches to women’s health. This study aims to evaluate how Brazilian, Angolan, and Portuguese newspapers address the matters of abortion, contraception, sexually transmitted diseases, menopause, and menstrual cycle. In January and February 2013, we conducted a cross-sectional study of all issues of Jornal de Angola (Angola), Folha de São Paulo (Brazil) and Diário de Notícias (Portugal). We gathered news on four specific topics of women's health (abortion, contraception, menstrual cycle/menopause and sexually transmitted diseases). During the time of our study, these topics were described differently in the three newspapers, as a result of the different facts that led to the publishing of news in each case. As for the common features between the newspapers, all of them covered health topics in a timely manner, had a shallow approach to these subjects, and often missed the opportunity to disseminate information.
Contido em Revista HCPA. Porto Alegre. Vol. 33, n. 3-4 (2013), p. 217-225
Assunto Jornalismo
Saúde da mulher
[en] Abortion
[en] Contraception
[en] Menstrual cycle/menopause and sexually transmitted diseases
[en] Women's health
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/109150
Arquivos Descrição Formato
000946262.pdf (1.104Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.