Repositório Digital

A- A A+

Lixiviação de alumínio durante o processo de tribocorrosão em meio ácido, básico e neutro

.

Lixiviação de alumínio durante o processo de tribocorrosão em meio ácido, básico e neutro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Lixiviação de alumínio durante o processo de tribocorrosão em meio ácido, básico e neutro
Autor Bruno, Giovanni Urruth
Orientador Meneguzzi, Alvaro
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia de Materiais.
Assunto Engenharia de materiais
Resumo Alguns estudos suspeitam que o alumínio, entre outros elementos, poderia causar demência ou algum comprometimento cognitivo em seres humanos como conseqüência de longas exposições ao meio-ambiente. Como o alumínio é o elemento metálico mais abundante na crosta terrestre (cerca de 8%), é comum encontrá-lo em diversas formas na natureza: silicatos, óxidos e hidróxidos, combinado com outros elementos, e complexado com matéria orgânica. Este trabalho visa medir a quantidade de alumínio lixiviado durante o processo de cozimento em panelas de alumínio. O estudo considera a variação do pH, sendo feito em meios ácido, básico e neutro. Um equipamento de tribometria simulará o atrito feito por um instrumento (colher, por exemplo) de cozinha, normalmente utilizados durante o preparo de alimentos, e esta simulação será realizada dentro de um compartimento que conterá o meio. Após a simulação, o meio será coletado e analisado espectroscopicamente para verificar a quantidade de alumínio lixiviado. É possível afirmar a partir deste estudo que o uso de panelas de alumínio deve ser restrito e feito apenas em alguns casos específicos. Se usada deliberadamente, a panela de alumínio tem grandes chances de liberar no meio (no alimento) quantidades acima do recomendado pela OMS e que serão ingeridas pelos indivíduos. Este estudo não considerou temperaturas elevadas como parâmetro, o que nos leva a ter ainda mais atenção, pois os valores encontrados a baixas temperaturas já são alarmantes e é sabido que com o aumento da temperatura os meios se tornam mais agressivos, tem mais poder de dissolução e solubilização, e conta com a ação do meio gasoso emitido.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/109673
Arquivos Descrição Formato
000950885.pdf (1.494Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.