Repositório Digital

A- A A+

Jornada rumo ao crepúsculo : uma leitura nietzschiana de Moby-Dick

.

Jornada rumo ao crepúsculo : uma leitura nietzschiana de Moby-Dick

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Jornada rumo ao crepúsculo : uma leitura nietzschiana de Moby-Dick
Autor Figueira, Vinicius Duarte
Orientador Rosenfield, Kathrin Holzermayr Lerrer
Data 2007
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Literatura comparada
Literatura e filologia
Melville, Herman 1819-1891.
Nietzsche, Friedrich Wilhelm 1844-1900.
Ontologia
[en] Interpretation
[en] Melville
[en] Nietzsche
[en] Ontology
Resumo Este trabalho é de natureza teórica e estuda a obra Moby-Dick, de Herman Melville, à luz da filosofia antimetafísica de Friedrich Nietzsche, mais especificamente como está concretizada em Sobre verdade e mentira em sentido extramoral e Crepúsculo dos ídolos. Demonstra-se que as indagações de fundo ontológico presentes na obra de Melville encontram resposta parcial na noção de impossibilidade metafísica do pensador alemão. Para tal demonstração, recorre-se, em primeiro lugar, a uma sistematização do pensamento de Nietzsche e, em segundo, a uma abordagem interpretativa e compreensiva do texto de Melville, acentuada por meio do diálogo com a filosofia do próprio Nietzsche e, alternativamente, de Heidegger. Em conformidade com Iser, a compreensão dos sentidos do texto literário aqui estudado é realizada pelo trabalho de interpretação e estabelecimento de sentidos perpetrado pelo leitor, seja na fixação do que está claramente dado no texto, seja na busca dos sentidos lacunares, não claramente formulados e verbalizados.
Abstract This is a theoretical work on Herman Melville’s Moby-Dick and its relation with the anti-metaphysical philosophy of Friedrich Nietzsche as found especially in Twilight of the Idols and On Truth and Lie in an Extramoral Sense. It is shown that the ontological nature of Moby-Dick, the novel, finds a partial answer in the notion of metaphysical impossibility developed by the German philosopher. In order to accomplish this goal, a systematization of Nietzsche’s thought was made, so that an interpretative approach of the literary text could be carried out emphasizing a dialogue with his philosophy, and, alternatively, Heidegger’s. In compliance with Iser, this study takes into consideration the fact that comprehension is achieved through interpretation and what the reader is able to perceive in the literary text, either reinforcing what is already given there, or searching for what is unformulated and non-verbalized in it.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/10975
Arquivos Descrição Formato
000601623.pdf (817.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.