Repositório Digital

A- A A+

Rendimento de forragem e valor nutritivo de forrageiras de estação fria submetidas a sombreamento por Pinus elliottii e ao sol pleno

.

Rendimento de forragem e valor nutritivo de forrageiras de estação fria submetidas a sombreamento por Pinus elliottii e ao sol pleno

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Rendimento de forragem e valor nutritivo de forrageiras de estação fria submetidas a sombreamento por Pinus elliottii e ao sol pleno
Outro título Forage yield and nutritive value of cool-season forage species under shading by Pinus elliottii trees and at full-sun
Autor Barro, Raquel Santiago
Orientador Medeiros, Renato Borges de
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Depressão Central, Região (RS)
Forragem : Valor nutritivo
Planta forrageira
Pratica cultural
Resumo No período de fevereiro de 2005 a dezembro de 2006 foram conduzidos dois experimentos em Capivari do Sul, RS, em um solo arenoso de baixa fertilidade (neossolo quartzarênico), na região ecofisiográfica do Litoral Norte, para avaliar o efeito do sombreamento provocado por duas densidades arbóreas em uma floresta de Pinus elliottii de dez anos de idade, sobre o rendimento e o valor nutritivo da forragem de cinco espécies de ciclo hibernal, em relação ao sol pleno. Os tratamentos consistiram na combinação de dois fatores: a) três condições luminosas, proporcionadas por duas densidades arbóreas (555 e 333 árvores/ha) e pela luz solar plena; b) as espécies azevémanual (Lolium multiflorum Lam.), aveia-preta (Avena strigosa Schreb.), aveiabranca (A. sativa L.) cv. Fapa 2, trevo-branco (Trifolium repens L.) cv. Zapicán e cornichão (Lotus corniculatus L.) cv. São Gabriel. O delineamento experimental foi em parcelas subdivididas com três repetições. Em 2005, a semeadura foi realizada entre 25 de julho e 05 de agosto e em 2006, no dia 07 de abril. Para estimar o rendimento de matéria seca no primeiro ano, as forrageiras foram cortadas em 01 de novembro e as leguminosas novamente em 09 de dezembro. No segundo ano, os cortes foram em 08 de agosto e 13 de outubro. Para estimar o valor nutritivo, foram determinados os teores médios de proteína bruta (PB) e da digestibilidade in vitro da matéria orgânica (DIVMO) da forragem. Os resultados mostraram que o sombreamento reduziu a produção de forragem de todos os genótipos avaliados, porém o valor nutritivo da forragem foi incrementado. Em termos de potencial para utilização em sistemas silvipastoris, destacam-se a aveia-branca e a aveia-preta. Apesar de seu elevado valor nutritivo, os rendimentos de cornichão e de trevo-branco são fortemente reduzidos sob sombreamento.
Abstract From February, 2005 to December, 2006, two experiments were conducted in Capivari do Sul, southern Brazil, on a sandy low-fertility soil, at the ecophisiografic region of Litoral Norte, to evaluate the shading effect induced by two tree densities in a ten-year old slash pine forest (Pinus elliotti Engelm.), on forage dry matter yield and nutritive value of five cool-season forage species, and at full sun. Treatments were a combination of two main factors: a) three light conditions induced by two tree densities (333 e 555 tree/ha) and at full sun. b) annual ryegrass (Lolium multiflorum Lam.), common oats (Avena sativa L.) cv. Fapa2, black-oats (A. strigosa Schreb.), white-clover (Trifolium repens L.) cv. Zapicán , and birdsfoot trefoil (Lotus corniculatus L.) cv. São Gabriel. A splitplot experimental design was used, with three replications. Seeding dates were from July 25 to August 5, 2005 and April 7, 2006. Forages plots were handclipped twice in 2005 (November 1 and December 9). In 2006, harvests were in August 8 and October 13. To evaluate the nutritive value the crude protein (CP) content and the in vitro organic matter digestibility (IVOMD) were determined. The results showed that shading reduced forage yield of all genotypes while increasing the forage nutritive value. In terms of their potential utilization, commmon oats and black-oats show promise, but white-clover and birdsfoot trefoil, due to their low dry matter yields seem not to be well adapted to silvopastoral systems at the regional level.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/11055
Arquivos Descrição Formato
000605213.pdf (1.405Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.