Repositório Digital

A- A A+

A variação no emprego da terminologia anatômica no âmbito da educação física : um estudo exploratório

.

A variação no emprego da terminologia anatômica no âmbito da educação física : um estudo exploratório

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A variação no emprego da terminologia anatômica no âmbito da educação física : um estudo exploratório
Autor Dornelles, Márcia dos Santos
Resumo A variação é um fenômeno inerente a toda língua natural, portanto ela afeta as terminologias, como parte desse sistema. A Terminologia Anatômica Internacional (TAI) foi traduzida para o português pela Sociedade Brasileira de Anatomia em 2001 e tem valor normativo. No entanto, ela não é seguida estritamente por todos os profissionais da área da Saúde. O objetivo deste estudo foi descrever e analisar os diferentes usos da terminologia anatômica em artigos científicos de Educação Física comparados com a TAI. Para tanto, foram analisados oito artigos em português de três revistas brasileiras desta área, e foram listados os termos anatômicos invariantes e os variantes. Adicionalmente, verificou-se no Google Acadêmico a frequência dos termos variantes e dos seus correspondentes normatizados na TAI. Como fundamentação teórica, apoiamo-nos nas contribuições da Socioterminologia e da Teoria Comunicativa da Terminologia para a descrição da variação terminológica.
Resumen La variación es un fenómeno inherente a toda lengua natural, por lo que incide sobre las terminologías, como parte de ese sistema. La Terminología Anatómica Internacional (TAI) fue traducida al portugués por la Sociedade Brasileira de Anatomia en 2001 y tiene valor normativo. Sin embargo, ésta no se sigue estrictamente por todos los profesionales en el ámbito de la salud. El objetivo de este estudio fue describir y analizar los diferentes usos de la terminología anatómica en artículos científicos de Educación Física en comparación con la TAI. Para ello se analizaron ocho artículos en portugués de tres revistas brasileñas del área, y se listaron los términos anatómicos invariantes y variantes. Además, se verificó en el Google Académico la frecuencia de los términos variantes y de sus correspondientes normatizados en la TAI. Como fundamentación teórica, nos apoyamos en las aportaciones de la Socioterminología y de la Teoría Comunicativa de la Terminología para la descripción de la variación terminológica.
Abstract Variation is a phenomenon inherent in any natural language, thus it affects the terminologies as part of this system The International Anatomical Terminology (IAT) was translated into Portuguese by the Brazilian Society of Anatomy in 2001 and has normative value. However, the IAT is not strictly followed by all health professionals. This study aims at describing and analyzing the different uses of anatomical terminology in scientific articles in the field of Physical Education, compared with the IAT. Eight articles in three Brazilian periodicals of this subarea are analyzed, and the anatomical terms found are listed. Additionally, the frequency of the variant terms and their equivalents in the TAI is verified in Google Scholar. As a theoretical basis, we rely on the contributions of Socioterminology and Communicative Theory of Terminology to the approach of terminological variation.
Contido em Debate terminológico. Barcelona. N. 12 (dic. 2014), p. 3-20
Assunto Educação física
Terminologia
[en] Anatomical terminology
[en] Physical Education
[en] Terminological variation
[en] Terminology
Origem Estrangeiro
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/111816
Arquivos Descrição Formato
000952197.pdf (547.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.