Repositório Digital

A- A A+

Comportamento em pastejo de novilhos numa pastagem de inverno submetida a diferentes alturas de manejo

.

Comportamento em pastejo de novilhos numa pastagem de inverno submetida a diferentes alturas de manejo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comportamento em pastejo de novilhos numa pastagem de inverno submetida a diferentes alturas de manejo
Outro título Grazing behaviour of steers in temperate pastures submitted to different sward management heights
Autor Baggio, Carolina
Orientador Carvalho, Paulo Cesar de Faccio
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Aveia forrageira
Azevém
Novilho de corte
Pastagem
Planta forrageira
[en] Bites
[en] Displacement
[en] Ingestive behaviour
[en] Integrated crop-livestock system
[en] Sward structure
Resumo Sistemas integrados de lavoura e pecuária têm, por paradigma, o efeito do animal no sistema. Esse efeito é função, dentre outros, do manejo da intensidade de pastejo e de como os animais reagem às estruturas de pasto decorrentes. O propósito deste estudo foi avaliar o comportamento em pastejo de novilhos de corte em diferentes estruturas de pasto e seus padrões de deslocamento. Investigou-se a hipótese de que diferentes alturas promoveriam alterações nos padrões de comportamento dos animais em pastejo. Neste sentido, este experimento foi conduzido em uma área de integração lavoura-pecuária da Fazenda do Espinilho, município de Tupanciretã – RS, de julho a novembro de 2005, em pastagem de azevém anual (Lolium multiflorum Lam.) e aveia preta (Avena strigosa Schreb.), que sucedia uma lavoura de soja. Manejou-se o pasto sob lotação contínua, com carga variável, em quatro alturas (tratamentos), a saber: 10, 20, 30, 40 cm, distribuídos em um delineamento experimental de blocos casualizados com três repetições. As avaliações foram realizadas no período diurno, por observação visual direta, em três datas de avaliações, duas delas coincidindo ao estádio vegetativo e a terceira ao reprodutivo. As diferentes estruturas criadas foram resultado de diferentes disponibilidades de forragem tendo em vista o aumento linear da massa de forragem (P<0,0001) com o aumento da altura do pasto. Em situações de menor disponibilidade de forragem observou-se que os animais apresentam comportamento de pastejo compensatório, aumentando seu tempo de pastejo diário (P=0,0208) e apresentando ciclos mais longos de refeições (P=0,0302). Além do mais, aumentam a taxa de bocados (P<0,0001), o número total de estações alimentares visitadas (P=0,0009), o número de bocados por estação alimentar (P= 0,0178), o número total de bocados (P<0,0001) e reduzem o tempo de ruminação (P=0,0443) e o tempo de permanência na estação alimentar (P=0,0142). Em termos de deslocamento, verificou-se que os animais procedem menos passos entre estações alimentares (P=0,0115) quando a forragem é limitante, porém, o número total de passos verificados é maior (P=0,0033) ao longo do período de pastejo. Para concluir, confirmou-se a hipótese de que os animais modificam seu comportamento em diferentes estruturas de pasto e, principalmente, alteram seu padrão de deslocamento, o que poderá implicar em conseqüências de impacto num sistema de integração lavoura-pecuária.
Abstract The animal’s effect in the system is a paradigm in integrated crop-livestock operations. This effect is a function, among others, of the management of the grazing intensity and how animals react to the sward structures. The purpose of this study was to evaluate steers grazing behaviour in different sward structures and their displacement patterns. The hypothesis that different heights could promote changes in the ingestive behavior of animals was tested. In this sense, the experiment was conducted in an integrated crop/livestock area at Espinilho farm, Tupanciretã/RS/Brazil (Fazenda do Espinilho), from July to November 2005, in Italian ryegrass (Lolium multiflorum Lam.) and black oat (Avena Strigosa Schreb.) pasture succeeding soybean. The pasture was managed with continuous variable stocking at 10, 20, 30 and 40 cm sward height distributed in a completely randomized block design with three replicates. Data was recorded by visual assessment, from sunrise until sundown, in three evaluation dates, two in the vegetative stage and one in the reproductive stage. Different structures were created as a result of the linear increasing in herbage masses (P<0.0001) with increasing sward height. In limited herbage situation animals present compensatory behaviour, increasing their daily grazing time (P=0.0208) and presenting longer meal lengths (P=0.0302). Moreover, animals increase bite rate (P<0.0001), the number of visited feeding stations (P=0.0009), the number of bites per feeding station (P= 0.0178), the total number of bites (P<0.0001) and decrease ruminating time (P=0.0443) and time per feeding station (P=0.0142). In terms of animal displacement, it was verifyied they proceed less steps between feeding stations (P=0.0115) with limited herbage, however, the total number of steps is greater (P=0.0033) along the grazing period. To conclude, the hypothesis that animals modify their behaviour in different sward structures was confirmed and, mainly modifies their displacement patterns with potential consequences to integrated crop-livestock systems.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/11187
Arquivos Descrição Formato
000607772.pdf (1.268Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.