Repositório Digital

A- A A+

Aplicação do Princípio da Insignificância aos Crimes Ambientais

.

Aplicação do Princípio da Insignificância aos Crimes Ambientais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aplicação do Princípio da Insignificância aos Crimes Ambientais
Autor Röhrig, Alessandra Garcia
Orientador Costa, Ana Paula Motta
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Direito. Curso de Ciências Jurídicas e Sociais.
Assunto Crimes ambientais
Direito ambiental
Principio da insignificancia : Direito penal
Tutela penal
Resumo O presente trabalho procura analisar a questão da aplicabilidade do princípio da insignificância em sede de tutela penal do meio ambiente. Ainda que o meio ambiente ecologicamente equilibrado seja bem jurídico dotado de especial relevância, alçado à categoria de direito fundamental, não se pode afastar, sob a justificativa de sua efetiva proteção, a observância aos princípios norteadores do Direito Penal, tais como intervenção mínima e fragmentariedade. Nesta linha, o princípio da insignificância, consagrado como instrumento de interpretação restritiva ao alcance do tipo penal, confere uma correta aplicação da lei penal também em relação aos crimes ambientais, excluindo do âmbito criminal condutas que, embora formalmente típicas, não afetem de forma significativa o bem jurídico tutelado.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/112068
Arquivos Descrição Formato
000952005.pdf (343.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.