Repositório Digital

A- A A+

Caracterização de danos causados por Anastrepha fraterculus (Wiedemann) (Diptera, Tephritidae) e desenvolvimento larval em frutos de duas cultivares de quivizeiro (Actinidia spp.)

.

Caracterização de danos causados por Anastrepha fraterculus (Wiedemann) (Diptera, Tephritidae) e desenvolvimento larval em frutos de duas cultivares de quivizeiro (Actinidia spp.)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterização de danos causados por Anastrepha fraterculus (Wiedemann) (Diptera, Tephritidae) e desenvolvimento larval em frutos de duas cultivares de quivizeiro (Actinidia spp.)
Outro título Damage and larval development of Anastrepha fraterculus (Diptera, Tephritidae) in fruits of two kiwi cultivars (Actinidia spp.)
Autor Lorscheiter, Rafael
Redaelli, Luiza Rodrigues
Botton, Marcos
Pimentel, Milena Zanella
Resumo Os danos causados por A. fraterculus em três estágios de maturação de frutos de quivizeiro foram avaliados em pomar comercial, e, em laboratório, o desenvolvimento larval da espécie foi estudado, nas cultivares MG06 e Bruno. Frutos das duas cultivares foram infestados com A. fraterculus, em pomar comercial localizado em Farroupilha-RS, no início (30% do tamanho final), metade (90% do tamanho final) e final (ponto de colheita) do ciclo de desenvolvimento, e, em laboratório, desde o início da frutificação até a colheita. Na cultivar MG06, três dias após a primeira infestação, observou-se a formação de exsudato cristalino nos locais de punctura que evolui, na colheita, para rachaduras, depressões e primórdios de galerias nos frutos. Na mesma cultivar, registrou-se fibrose nos frutos infestados no fim do ciclo (ponto de colheita). Apesar de terem sidos computados ovos nos frutos, a campo não houve desenvolvimento larval nessa cultivar. Na Bruno, não foram constatados danos e ovos, indicando a imunidade da cultivar. Não houve queda de frutos atribuída a A. fraterculus nas duas cultivares. Verificou-se o desenvolvimento larval, em laboratório, quando os frutos apresentavam, no mínimo, 6,4% e 7,0% de sólidos solúveis totais, respectivamente, para as cultivares MG06 e Bruno.
Abstract The damage caused by A. fraterculus in three ripening stages of kiwi were evaluated in commercial orchards and, in laboratory, larval development of this species was studied in cultivars MG06 and Bruno. Fruits of both cultivars were infested with A. fraterculus in orchards at Farroupilha-RS, in the beginning (30% of their final size), middle (30% of their final size) and end (harvest point) of the cicle, and, in laboratory, since the beginning of fruiting until harvest. Three days after the first infestation in cultivar MG06, we observed the formation of a crystalline exudate in puncture sites that evolve at harvest to cracks, depressions and beginnings of galleries. Also, fibrosis were observed in fruits infested at the end of the cicle (harvest point) in the same cultivar. Although the eggs have been counted, at field, there was no larval development on MG06 fruits. Damage and oviposition weren’t found at Bruno, indicating the immunity of this cultivar. There was no fruit drop attributed to A. fraterculus in both cultivars. In laboratory, larval development was observed when the fruits had, at least, 6.4 % (MG06) and 7.0 % (Bruno) of total soluble solids.
Contido em Revista Brasileira de Fruticultura. Cruz das Almas, Ba. Vol. 34, n.1 (mar. 2012), p. 67-76
Assunto Entomologia agricola
Kiwi
Mosca das frutas
[en] Damage
[en] Kiwi
[en] South american fruit fly
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/112152
Arquivos Descrição Formato
000935797.pdf (627.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.