Repositório Digital

A- A A+

As crenças de professoras de inglês de escola pública e os efeitos na sua prática : um estudo de caso

.

As crenças de professoras de inglês de escola pública e os efeitos na sua prática : um estudo de caso

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As crenças de professoras de inglês de escola pública e os efeitos na sua prática : um estudo de caso
Autor Sturm, Luciane
Orientador Lima, Marília dos Santos
Data 2007
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Aquisição da linguagem
Formação de professores
Língua estrangeira
Língua inglesa
Lingüística aplicada (ensino de língua inglesa)
Resumo Esta pesquisa concentra seu foco investigativo nas crenças de dois professores de inglês como língua estrangeira (LE), em serviço, relacionando-as à sua consciência crítica e à sua capacidade reflexiva. O objetivo principal desta pesquisa foi evidenciar, descrever e caracterizar as suas crenças, enquanto profissionais em processo de qualificação continuada. Esta investigação, caracterizada como um estudo de caso qualitativo-interpretativista (ERICKSON, 1986; ANDRÉ, 1995), com enfoque sócio-histórico, teve como base os estudos sociointeracionistas a partir Vygotsky (1987, 1991) e de estudiosos da área da Lingüística Aplicada, da Educação e da Psicologia, como: Lantolf & Apple (1994), Lantolf (2001), Donato (2001), Hedegaard (2002) e Daniels (2002). Quanto à formação de professores, descreve-se a abordagem reflexiva de Freire (1970, 1992, 1996) e Zeichner (2003), evidenciando as características interdisciplinares entre a Lingüística Aplicada e a Educação, com sustentação teórica em autores como Schön (2000), Zabalza (1994); Liberali (2004); Vieira-Abrahão (1992, 1999, 2000, 2004); Liberali, F.C., Magalhães, M.C.C. & Romero (2003); Barcelos & Vieira-Abrahão (2006). A complexidade do fenômeno crenças no processo de ensino e aprendizagem de LE foi estudada a partir de autores como Barcelos (2000, 2001, 2003, 2004), Nonemacher (2004), Freudenberger & Rottava (2004), Vieira-Abrahão (2004), Fernandes (2005), Barcelos & Vieira-Abrahão (2006). Por meio deste estudo foi possível evidenciar e descrever as crenças das participantes, eventos esses que possibilitaram a compreensão do modo de refletir e das ações pedagógicas dessas profissionais. Os dados indicam que as crenças são individuais, porém passíveis de transformações, sempre condicionadas ao contexto sociocultural dos indivíduos, portanto, dinâmicas e sociais.
Abstract This research concentrates its investigative focus in the beliefs of two in-service teachers of English as foreign language, relating them to their critical conscience and to their reflexive capacity. The main objective of this research was to evidence, to describe and to characterize their beliefs, as professionals in the process of continued qualification. This investigation characterized as a qualitative-interpretative case study (ERICKSON, 1986; ANDRÉ, 1995), with a socio-historic focus, had its base on the social interactionist studies, from Vygotsky (1987, 1991) and other researchers from the areas of Applied Linguistics, Education and Psychology, such as: Lantolf & Apple (1994), Lantolf (2001), Donato (2001), Hedegaard (2002) and Daniels (2002). Concerning to the teachers development process, it is described Freire’s (1970, 1992, 1996) and Zeichner’s (2003) reflexive approach evidencing the interdisciplinary characteristics between Applied Linguistics and Education, with theoretical sustentation in authors such as Schön (2000), Zabalza (1994); Liberali (2004); Vieira-Abrahão (1992, 1999, 2000, 2004); Liberali, F.C., Magalhães, M.C.C. & Romero (2003); Barcelos & Vieira- Abrahão (2006). The complexity of the phenomenon beliefs in the teaching and learning process of a foreign language was studied by authors as Barcelos (2000, 2001, 2003, 2004), Nonemacher (2004), Freudenberger & Rottava (2004), Vieira-Abrahão (2004), Fernandes (2005), Barcelos & Vieira-Abrahão (2006). This research made it possible to evidence and describe the participants’ beliefs. These events contributed to the understanding of the reflecting way and of the pedagogical actions of those professionals. The data indicate that the beliefs are individual; however it is possible to transform them, if it is considered the sociocultural context of the individuals. Therefore, beliefs are dynamic and social.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/11389
Arquivos Descrição Formato
000613126.pdf (669.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.