Repositório Digital

A- A A+

O discurso de outrem como marca de parcialidade no texto jornalístico informativo : uma abordagem enunciativa

.

O discurso de outrem como marca de parcialidade no texto jornalístico informativo : uma abordagem enunciativa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O discurso de outrem como marca de parcialidade no texto jornalístico informativo : uma abordagem enunciativa
Autor Silva, Geraldo José
Orientador Flores, Valdir do Nascimento
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Análise do discurso
Lingüística da enunciação
Parcialidade
Teoria da enunciação
Texto jornalístico
[en] Bakhtin
[en] Discourse of other
[en] Enunciation
[en] Informative text
[en] Partiality
Resumo Esta pesquisa procede a uma investigação linguístico-enunciativa sobre o uso do discurso de outrem como marca enunciativa de parcialidade em notas, notícias e reportagens sobre a implantação do sistema de cotas nas universidades públicas brasileiras. O corpus de partida é composto de 212 textos de cunho informativo, veiculados no jornal Folha de S.Paulo Online, no período compreendido entre janeiro de 2001 e setembro de 2005. A análise é balizada na perspectiva teórica enunciativa bakhtiniana, principalmente, no que respeita ao dialogismo e à interação verbal. A hipótese geral é a de que o discurso de outrem tem funcionamento específico na enunciação jornalística, podendo deixar marcas aparentes de parcialidade do locutor. O objetivo principal é mostrar como essa parcialidade é marcada nos textos por meio do uso do discurso citado, diluído em discurso direto e indireto. O percurso metodológico considera uma taxionomia dos textos por abordagem, enfatizando a prevalência dos posicionamentos sobre as cotas nas universidades públicas brasileiras, agrupando-os em três blocos: primeiro, ponto de vista contrário; segundo, ponto de vista favorável e, por fim, pontos de vista favoráveis e contrários às cotas, concomitantemente, no mesmo texto. A análise é feita em dois momentos: o primeiro, em que cada bloco é analisado quanto aos aspectos gerais; o segundo, em que é analisado um texto específico, cujo papel é o de ser representação do bloco ao qual pertence. Para a análise, são levados em conta critérios avaliativos como o uso do discurso citado nos títulos e na estrutura proposicional dos textos, o uso dos verbos dicendi e o uso de aspas. A escolha desse tipo de textos se deu devido ao fato de o discurso citado ser dele um elemento estruturante a partir do que a presença de posições distintas sobre as cotas são manifestadas linguístico-enunciativamente. Os resultados comprovam que o uso do discurso citado/de outrem marca a parcialidade do locutor na arquitetura global do texto informativo. Na elaboração da notícia, o locutor lança mão desse recurso linguístico-discursivo com o propósito de imprimir veracidade ao que é informado e, ao mesmo tempo, de se distanciar do dito alheio. No entanto, essa manipulação dos pontos de vista de outrem não garante a imparcialidade pretendida. Uma das formas de demarcar a parcialidade é justamente o uso das vozes citantes e citadas contingentes no discurso jornalístico.
Abstract This research is an linguistic-enunciative investigation on the use of discourse of other as enunciative mark of partiality in notes, news and reports about the implantation of system of quotas in Brazilian Public Universities. The pointing corpus is comprised of 212 informative texts, exhibed by Folha de S. Paulo Online, in the period between January of 2001 and September of 2005. The analysis is based on the bakhtinian enunciative theory perspective, mainly, in respect of the dialogism and the verbal interaction. The general hypothesis is that the discourse of other has a specific operation in the journalistic enunciation, and can let aparent marks of partiality from the locutor. The main objective is to show how this partiality is marked in the texts through the use of reported discourse, diluted in the direct and indirect speech. The methodological path considers a taxonomy of texts by approach, emphasizing the prevalence of positions about the quotas in Brazilian Public Universities, grouping them in three blocks: the first one, opposite point of views, the second one, favourable point of views and, finally, favourable and opposite point of views to quotas both at the same text. The analysis is made in two moments: the first one, in which each block is analysed in relation to general aspects; the second one, in which each specific text is analysed whose role is to be the block‘s representation that it becomes. For the analysis, evaluative criteria are taken into consideration like the use of reported discourse in the titles, in the propositional structure of the texts, the use of dicendi verbs and the use of quotation marks. The choice of this type texts occured due to the fact that the reported discourse be him a structuring element from than the presence of different positions about quotas are expressed linguistic-enunciatively. Results show that the use of reported discourse/other marks the partiality of the locutor in the global architectural of the informative text. In the elaboration of the news, the locutor uses this linguistic-discoursive resource whose aim is to print veracity to the information and, at the same time, to distance the discourse of other. However, this manipulation of other point of views does not guarantee the intended impartiality. One of the ways of demarcating the partiality is just the use of reporting and reported voices contingent in the journalistic discourse.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/114416
Arquivos Descrição Formato
000951432.pdf (2.243Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.