Repositório Digital

A- A A+

Perspectivas do folheto de cordel na sua transposição dos sertões para os centros urbanos

.

Perspectivas do folheto de cordel na sua transposição dos sertões para os centros urbanos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perspectivas do folheto de cordel na sua transposição dos sertões para os centros urbanos
Autor Silva, Raymundo José da
Orientador Korfmann, Michael
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Brasil, Nordeste
Cultura e sociedade
Literatura comparada
Literatura de cordel
Tradição
[en] Cordel
[en] Leaflets
[en] Northeast
[en] Tradition
Resumo O objetivo deste trabalho é verificar como está sendo feita a transição dos folhetos do antigo meio social sertanejo para a vida urbanizada e as possibilidades de sua permanência e continuidade como produto da Literatura de Cordel, ante a forte concorrência das diversas formas de comunicação e expressão cultural. Para essa finalidade, analisamos um corpus com 18 (dezoito) folhetos divididos em duas partes, com 09 (nove) folhetos cada uma. A primeira, de poetas sertanejos mais antigos, compõe-se de textos escritos entre 1900 a 1980, que exploram temas, como o cangaço, o coronelismo e o misticismo. A segunda, formada de folhetos atuais (de 1990 até o presente), refere-se a fatos e aspectos da vida moderna e urbana. Com fundamentação nos ensinamentos de autores, como Hall (2003, 2004), Burke (2010) e Cancline (2013), foram observados os conceitos de identidade, tradição e cultura popular. Viu-se, também, que ainda estão presentes, como temas, alguns fenômenos sociais que contribuíram para a consolidação do cordel no Nordeste do Brasil. Por fim, feita a análise dos dois grupos de folhetos, os antigos e os atuais, já se podem constatar diferenças e indícios de (tans)formações ou evolução do cordel, tanto em relação aos temas e à linguagem, quanto ao descentramento das identidades de personagens e poetas migrantes.
Abstract The objective of this study was to investigate how the transition from the leaflets of the old social medium of country districts in Brazil to urbanized life is taking place and the possibilities for this cordel literature to continue to be produced, when faced with strong competition from different forms of communication and cultural expression. For this purpose, we analyzed a corpus of eighteen leaflets divided into two groups of nine leaflets each. The first group was composed of older texts by country-district poets, written between 1900 and 1980, which explored topics such as cangaço (historical social banditry), coronelismo (historical political patronage system) and mysticism. The second group, formed by current leaflets (from 1990 to today), makes reference to events and characteristics of modern urban life. On the basis of the teaching of authors such as Hall (2003, 2004), Burke (2010) and Cancline (2013), the concepts of identity, tradition and popular culture were observed. It was also seen that some social phenomena that contributed towards consolidation of cordel in northeastern Brazil are still present as topics. Lastly, from the analysis on the two groups of leaflets (old and current), differences and indications of (trans)formations or evolution of cordel could then be seen, in relation both to the topics and to the language used, regarding displacement of the identities of migrant personalities and poets.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/114422
Arquivos Descrição Formato
000951444.pdf (2.014Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.