Repositório Digital

A- A A+

Significado estratigráfico do contato entre as formações Serraria e Feliz Deserto (Bacia de Sergipe-Alagoas) : inferências sobre os estágios iniciais do rifteamento

.

Significado estratigráfico do contato entre as formações Serraria e Feliz Deserto (Bacia de Sergipe-Alagoas) : inferências sobre os estágios iniciais do rifteamento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Significado estratigráfico do contato entre as formações Serraria e Feliz Deserto (Bacia de Sergipe-Alagoas) : inferências sobre os estágios iniciais do rifteamento
Autor Kifumbi, Carrel
Orientador Scherer, Claiton Marlon dos Santos
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geologia.
Assunto Estratigrafia de sequencias
Formação feliz deserto
Formacao serraria
Rifte : Bacia sergipe-alagoas
Sergipe-Alagoas, Bacia sedimentar de (SE e AL)
[en] Feliz Deserto formation
[en] Rift, Sergipe-Alagoas Basin
[en] Sergipe-Alagoas basin
[en] Serraria formation
Resumo O presente trabalho tem por objetivo realizar uma caracterização faciológica e estratigráfica do topo da Formação Serraria e da base da Formação Feliz Deserto, correspondentes respectivamente aos Tratos de Sistemas Tectônico de Início de Rifte (TTIR) e Desenvolvimento de Meio-gráben (TTDMG) (Kuchle e Scherer, 2010), visando entender a assinatura estratigráfica da passagem entre estes dois tratos de sistemas. A partir do levantamento de um perfil colunar foi possível descrever as fácies e interpretar as associações de fácies e sistemas deposicionais. As evidencias como corpos arenosos formando ciclos granodecrescentes, a ausência de pelito e a dominância de barras de acresção frontais permitiram interpretar que o topo da Formação Serraria é caracterizado por um sistema fluvial entrelaçado. A formação Formação Feliz Deserto foi interpretada como composta por sistemas deltaicos devido a espessos pacotes de pelitos e ciclos de progradação. A mudança de sistemas deposicionais deve-se à reestruturação da bacia na transição entre o TTIR e TTDMG: A presença de sistemas deltaicos indica um aumento na geração de espaço de acomodação quando comparado ao TTIR, sugerindo um incremento da atividade tectônica, possivelmente com o desenvolvimento de sistemas de meio-grábens bem definidos. O limite entre os depósitos fluviais e deltaicos é marcado pelo desenvolvimento de paleosolo e pelo contato abrupto entre arenitos de canais fluviais e pelitos de pró-delta indicando exposição subárea seguido de uma rápida inundação. Estas informações permitiram determinar que durante o TTIR se forma uma ampla bacia rasa devido à tectônica incipiente, mas, no TTDMG, esta bacia fragmenta-se em várias sub-bacias mais profundas onde o basculamento dos blocos propicia exposição subaérea dos sedimentos fluviais e posterior inundação destes por depósitos lacustres. Esta interpretação é confirmada pelos dados de poço da bacia que mostram claramente um aumento brusco no valor de raio gama no limite entre a Formação Serraria e Feliz Deserto.
Abstract This study aims to perform a facies and stratigraphic characterization of the top of Serraria Formation and the base of Feliz Deserto Formation, corresponding respectively to the Rift Initiation Tectonic System Tract (TTIR) and Half-graben Development (TTDMG) (Kuchle and Scherer, 2010), in order to understand the stratigraphic signature of the passage between these two systems tract. Through the construction of a vertical graphic it was possible to describe the facies and to interpret facies associations and depositional systems. Evidences such as sandstone bodies forming finingupward cycles, the lack of mudstones and dominance of bars accretion allowed to interpret the top of the Serraria Formation as characterized by a braided river system. The Feliz Deserto Formation was interpreted as a composition of deltaic systems due to thickness of mudstones packages and progradation cycles. The change of depositional systems is due to the restructuring of the basin in the transition between the TTIR and TTDMG: The presence of deltaic systems indicates an increase in the generation of accommodation space when compared to TTIR, suggesting an increase in tectonic activity, possibly with the development of well defined half grabens systems. The boundary between the river and deltaic deposits is marked by the development of paleossol and the abrupt contact between sandstones of fluvial channels and mudstone of pro-delta indicates subarea exposure followed by a rapid flood. These informations allowed to determine that during the TTIR was formed a wide shallow basin due to incipient tectonics, but in TTDMG, this basin is fragmented into several deep sub-basins where the tilting of the blocks provided subaerial exposure of river sediments and subsequent flooding by lacustrine deposits. This interpretation is confirmed by the well data of the basin that clearly shows a sharp increase in gamma ray values at the boundary between the Serraria and Feliz Deserto formations.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/114664
Arquivos Descrição Formato
000954929.pdf (14.04Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.