Repositório Digital

A- A A+

Transversal I/O scheduling for parallel file systems : from applications to devices

.

Transversal I/O scheduling for parallel file systems : from applications to devices

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Transversal I/O scheduling for parallel file systems : from applications to devices
Outro título Escalonamento de E/S transversal para sistemas de arquivos paralelos : das aplicações aos dispositivos
Autor Boito, Francieli Zanon
Orientador Navaux, Philippe Olivier Alexandre
Co-orientador Denneulin, Yves
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Programa de Pós-Graduação em Computação.
Assunto Processamento distribuido
Processamento paralelo
[en] High performance computing
[en] I/O scheduling
[en] Parallel file systems
Resumo Esta tese se concentra no escalonamento de operações de entrada e saída (E/S) como uma solução para melhorar o desempenho de sistemas de arquivos paralelos, aleviando os efeitos da interferência. É usual que sistemas de computação de alto desempenho (HPC) ofereçam uma infraestrutura compartilhada de armazenamento para as aplicações. Nessa situação, em que múltiplas aplicações acessam o sistema de arquivos compartilhado de forma concorrente, os acessos das aplicações causarão interferência uns nos outros, comprometendo a eficácia de técnicas para otimização de E/S. Uma avaliação extensiva de desempenho foi conduzida, abordando cinco algoritmos de escalonamento trabalhando nos servidores de dados de um sistema de arquivos paralelo. Foram executados experimentos em diferentes plataformas e sob diferentes padrões de acesso. Os resultados indicam que os resultados obtidos pelos escalonadores são afetados pelo padrão de acesso das aplicações, já que é importante que o ganho de desempenho provido por um algoritmo de escalonamento ultrapasse o seu sobrecusto. Ao mesmo tempo, os resultados do escalonamento são afetados pelas características do subsistema local de E/S - especialmente pelos dispositivos de armazenamento. Dispositivos diferentes apresentam variados níveis de sensibilidade à sequencialidade dos acessos e ao seu tamanho, afetando o quanto técnicas de escalonamento de E/S são capazes de aumentar o desempenho. Por esses motivos, o principal objetivo desta tese é prover escalonamento de E/S com dupla adaptabilidade: às aplicações e aos dispositivos. Informações sobre o padrão de acesso das aplicações são obtidas através de arquivos de rastro, vindos de execuções anteriores. Aprendizado de máquina foi aplicado para construir um classificador capaz de identificar os aspectos espacialidade e tamanho de requisição dos padrões de acesso através de fluxos de requisições anteriores. Além disso, foi proposta uma técnica para obter eficientemente a razão entre acessos sequenciais e aleatórios para dispositivos de armazenamento, executando testes para apenas um subconjunto dos parâmetros e estimando os demais através de regressões lineares. Essas informações sobre características de aplicações e dispositivos de armazenamento são usadas para decidir a melhor escolha em algoritmo de escalonamento através de uma árvore de decisão. A abordagem proposta aumenta o desempenho em até 75% sobre uma abordagem que usa o mesmo algoritmo para todas as situações, sem adaptabilidade. Além disso, essa técnica melhora o desempenho para até 64% mais situações, e causa perdas de desempenho em até 89% menos situações. Os resultados obtidos evidenciam que ambos aspectos - aplicações e dispositivos de armazenamento - são essenciais para boas decisões de escalonamento. Adicionalmente, apesar do fato de não haver algoritmo de escalonamento capaz de prover ganhos de desempenho para todas as situações, esse trabalho mostra que através da dupla adaptabilidade é possível aplicar técnicas de escalonamento de E/S para melhorar o desempenho, evitando situações em que essas técnicas prejudicariam o desempenho.
Abstract This thesis focuses on I/O scheduling as a tool to improve I/O performance on parallel file systems by alleviating interference effects. It is usual for High Performance Computing (HPC) systems to provide a shared storage infrastructure for applications. In this situation, when multiple applications are concurrently accessing the shared parallel file system, their accesses will affect each other, compromising I/O optimization techniques’ efficacy. We have conducted an extensive performance evaluation of five scheduling algorithms at a parallel file system’s data servers. Experiments were executed on different platforms and under different access patterns. Results indicate that schedulers’ results are affected by applications’ access patterns, since it is important for the performance improvement obtained through a scheduling algorithm to surpass its overhead. At the same time, schedulers’ results are affected by the underlying I/O system characteristics - especially by storage devices. Different devices present different levels of sensitivity to accesses’ sequentiality and size, impacting on how much performance is improved through I/O scheduling. For these reasons, this thesis main objective is to provide I/O scheduling with double adaptivity: to applications and devices. We obtain information about applications’ access patterns through trace files, obtained from previous executions. We have applied machine learning to build a classifier capable of identifying access patterns’ spatiality and requests size aspects from streams of previous requests. Furthermore, we proposed an approach to efficiently obtain the sequential to random throughput ratio metric for storage devices by running benchmarks for a subset of the parameters and estimating the remaining through linear regressions. We use this information on applications’ and storage devices’ characteristics to decide the best fit in scheduling algorithm though a decision tree. Our approach improves performance by up to 75% over an approach that uses the same scheduling algorithm to all situations, without adaptability. Moreover, our approach improves performance for up to 64% more situations, and decreases performance for up to 89% less situations. Our results evidence that both aspects - applications and storage devices - are essential for making good scheduling choices. Moreover, despite the fact that there is no scheduling algorithm able to provide performance gains for all situations, we show that through double adaptivity it is possible to apply I/O scheduling techniques to improve performance, avoiding situations where it would lead to performance impairment.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/116128
Arquivos Descrição Formato
000965960.pdf (3.390Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.