Repositório Digital

A- A A+

Por que criticam? : etnografia do conflito pela moradia popular em tempo de Copa do Mundo FIFA na cidade de Porto Alegre

.

Por que criticam? : etnografia do conflito pela moradia popular em tempo de Copa do Mundo FIFA na cidade de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Por que criticam? : etnografia do conflito pela moradia popular em tempo de Copa do Mundo FIFA na cidade de Porto Alegre
Autor Araujo, Gabrielle Oliveira de
Orientador Silva, Marcelo Kunrath
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Sociologia.
Assunto Conflitos
Copa do mundo
Etnografia
Moradia : Porto Alegre
Movimentos sociais
Resistência
[en] Land conflict
[en] Popular housing
[en] Resistance
[en] World cup 2014
Resumo Esta pesquisa analisa o conflito urbano em torno da realização da Copa do Mundo FIFA 2014 no Brasil. Tal conflito teve inicio no ano de 2010, quando as promessas governamentais em torno de um Projeto de Nação passaram a se materializar em projetos e planos urbanísticos de qualificação da infraestrutura local para a realização do evento esportivo. As reconfigurações políticas, sociais e jurídicas dos processos decisórios estatais provocam um amplo processo de deslocamento compulsório em escala nacional. É a partir desta problemática que um conjunto de organizações plurais passa a se articular na construção de um processo de crítica aos significados e à legitimidade das intervenções estatais para a Copa 2014, dando origem à Articulação Nacional dos Comitês Populares da Copa. Tal conflito se expressa a partir da denúncia das remoções forçadas, as quais dão início a embates públicos acerca do direito à moradia. Deste modo, esta pesquisa acompanha os desdobramentos deste conflito a partir do acompanhamento do ponto de vista e da dinâmica de atuação do Comitê Popular da Copa em Porto Alegre, buscando compreender como se deu a construção e publicização das críticas que fundamentam as diferentes formas de resistência à moradia popular às remoções relacionadas aos projetos da Copa do Mundo 2014 na cidade de Porto Alegre. Ancorando-se numa perspectiva etnográfica da política vivida embasada na abordagem pragmatista, a qual aposta na instabilidade do social e na existência de uma pluralidade de formas de interpretar situações de disputa, objetiva-se deslocar a pesquisa do plano normativo para a ênfase de dinâmicas políticas e de diferentes sentidos mobilizados em torno da moradia para os sujeitos em contextos situados.
Abstract This research analyzes the urban conflict around the organization of FIFA 2014 World Cup in Brazil. The conflict began in 2010, when the government promises around a Nation Project began to materialize in projects and urban plans of qualification of local infrastructure to carry out the sporting event. The rearrangements in political, social and legal state decision-making processes cause a broad process of compulsory displacement nationwide. It is from this problem a set of plural organizations is to articulate the construction of a process critical to the meaning and legitimacy of State intervention for the 2014 World Cup, leading the National Coordination of Popular Committees Cup. This conflict is expressed from the denunciation of forced evictions, which initiate the public clashes on the right to housing. Thus, this research followed the developments of this conflict from the monitoring point of view and the dynamics of operation Cup People's Committee in Porto Alegre, trying to understand how gave the construction and publicity of the critical underlying the different forms of resistance the affordable housing removals related to the projects of the World Cup 2014 in Porto Alegre. Anchoring is an ethnographic perspective of the lived policy grounded in pragmatic approach, which invests in social instability and the existence of a plurality of ways of interpreting situations of dispute, the objective is to move the normative level research for the emphasis of political dynamics and different meanings mobilized around the house to the subject in situated.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/116493
Arquivos Descrição Formato
000965307.pdf (2.925Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.