Repositório Digital

A- A A+

Perfil sociodemográfico e de utilização dos serviços de saúde bucal para gestantes da Unidade de Saúde da Família Santa Helena, Porto Alegre, 2011

.

Perfil sociodemográfico e de utilização dos serviços de saúde bucal para gestantes da Unidade de Saúde da Família Santa Helena, Porto Alegre, 2011

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perfil sociodemográfico e de utilização dos serviços de saúde bucal para gestantes da Unidade de Saúde da Família Santa Helena, Porto Alegre, 2011
Outro título Sociodemographic profile and utilization’s of oral health services for pregnant women in the family health unit Santa Helena, Porto Alegre, 2011
Autor Molin, Esiele
Bonatto, Patrícia Aline
Orientador Toassi, Ramona Fernanda Ceriotti
Co-orientador Warmling, Cristine Maria
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Odontologia : Na gravidez
Odontologia social
Programa de saúde da família
[en] Basic health indicators
[en] Family health
[en] Oral health
[en] Pregnancy
[en] Prenatal care
Resumo A atenção materno-infantil tem sido considerada área prioritária no Brasil, com destaque para os cuidados durante a gestação. A condição de saúde bucal da gestante relaciona-se com a sua saúde geral e pode influenciar a saúde do bebê. Por isso, a importância da atenção à saúde bucal durante a gestação, que compreende além dos procedimentos clínicos, atividades de educação/promoção de saúde. Na Unidade de Saúde da Família (USF) Santa Helena, as gestantes acompanhadas pelo Programa Pré-Natal são encaminhadas à consulta odontológica para realizar o que se denomina como Pré-Natal Odontológico. O Pré-Natal Odontológico consiste na promoção da saúde bucal da gestante e do bebê, por meio de um processo educativo-preventivo e curativo. Este estudo teve como objetivo caracterizar o perfil sociodemográfico e de utilização de serviços de saúde bucal por gestantes vinculadas à Unidade de Saúde da Família Santa Helena, em 2011. A amostra desse estudo foi composta por 66 gestantes cadastradas no Programa Pré-Natal da USF, no período de janeiro a dezembro de 2011. A coleta de dados aconteceu por meio da análise das informações contidas nos prontuários de família das gestantes. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFRGS e da Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Foi observado que a maior parte das gestantes estudadas era jovem (de 15 a 24 anos), casada, do lar, com pelo menos 8 anos de estudo. Residia em casa de tijolo (com 4 a 6 cômodos), com coleta de lixo e abastecimento de água pela rede pública. Ainda, a maior parte delas teve de 1 a 3 gestações, não iniciou o Pré-Natal no 1º trimestre, não estava com o Pré-Natal em dia. A cobertura de 1ª consulta de atendimento odontológico à gestante foi de 68,2%. O estudo permitiu caracterizar o perfil sociodemográfico e de utilização dos serviços odontológicos das gestantes estudadas. Muitas gestantes tiveram acesso à saúde bucal, porém há necessidade de se entender o motivo pelo qual algumas gestantes não utilizaram os serviços ofertados. O tema estudado não se esgota com os resultados dessa pesquisa.
Abstract The maternal and child care has been considered a priority area in Brazil, with emphasis on care during pregnancy. The oral health condition of pregnant women is related to your general health and can influence the health of the baby. Therefore, the importance of oral health care during pregnancy, which comprises in addition to clinical procedures, education activities and health promotion. In the Family Health Unit Santa Helena, pregnant women followed by the Prenatal Program are forwarded to the dental visit to perform what is called prenatal dental care. The prenatal dental care consists of the promotion of oral health of the mother and baby, through a process of education, preventive and curative. So, this study has a purpose to characterize the sociodemographic profile and utilization’s of oral health services for pregnant women linked to the Family Health Unit Santa Helena in 2011. The sample for this study composed of 66 pregnant women linked in the Program for Prenatal in the period January to December 2011. The data collection happened by analyzing of the information contained in medical records of the family of the pregnant women. The study was approved by the Research Ethics Committee of the UFRGS and of the City Hall of Porto Alegre. Among pregnant women who were studied, the most were young women (15-24 years), married, housewife, with at least 8 years of study. Lived in brick house (with 4-6 rooms), had garbage collection and water supply by the public. Still, most of them had 1-3 pregnancies, did not start the Prenatal in first trimester and was not with the Prenatal days. The coverage of a first dental visit for pregnant women was 68.2%. Many pregnant women have access to oral health, although it needs to understand why some pregnant women did not use the services offered. The subject studied is not limited to the results of this search.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/117119
Arquivos Descrição Formato
000863623.pdf (1.615Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.