Repositório Digital

A- A A+

Das relações de aula às possibilidades de desenvolvimento moral na educação física

.

Das relações de aula às possibilidades de desenvolvimento moral na educação física

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Das relações de aula às possibilidades de desenvolvimento moral na educação física
Autor Marcon, Ana Maria
Orientador Becker, Maria Luiza Rheingantz
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Desenvolvimento moral
Educação física escolar
Epistemologia genética
Formação de professores
Resumo Esta dissertação de mestrado pesquisa como os professores de Educação Física compreendem as situações cotidianas que podem favorecer o desenvolvimento da moralidade. Seguindo o delineamento de estudo de casos múltiplos (YIN, 2010), foi feito um estudo qualitativo, utilizando entrevistas semiestruturadas, com dez professores do ensino fundamental, anos finais, de seis escolas do ensino privado do município de Porto Alegre, escolhidas por critério de conveniência. Fundamentada na teoria genética de Jean Piaget, os resultados analisados mostram que, sem reflexão teórica, os professores agem segundo suas concepções pessoais utilizando uma pedagogia diretiva, baseada no modelo epistemológico empirista que reflete tanto a abordagem da Educação Física focada na aptidão física, quanto a abordagem desenvolvimentista. Apesar das verbalizações com argumentos voltados para o construtivismo que utilizam para relatar a prática docente, os participantes deste estudo demonstram não compreender como as atividades cotidianas podem ou não favorecer o desenvolvimento da autonomia moral. A autora conclui que, com conhecimento teórico sobre o tema, o desenvolvimento moral pode ser uma proposta intencional nas aulas de Educação Física.
Abstract This Masters dissertation researches on how the Physical Education teachers understand the everyday situations which may foster the development of morality. Following .the study design of multiple cases (YIN, 2010) a qualitative study was done, applying semi-structured interviews with ten middle school teachers, from six private schools of the city of Porto Alegre, which were chosen using the convenience criteria. Based on Jean Piaget’s Genetic Theory, the analysed results show that without a theoretical reflection, the teachers act upon their own beliefs, applying a directive pedagogy, whose fundaments is an empiristic epistemological model, which reflects the approach of Physical Education focused on the physical aptitude as well as on the developmental approach. Despite the verbalizations with arguments turned to the constructivism that they use to report their teaching practice, the participants prove not to understand how everyday activities may or may not foster the construction of moral autonomy The author comes to the conclusion that with theoretical knowledge of the theme, the moral development may be an intentional proposal of the Physical Education classes.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/117753
Arquivos Descrição Formato
000968327.pdf (751.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.