Repositório Digital

A- A A+

Efeitos da suplementação com ácidos graxos poliinsaturados protegidos da degradação ruminal no desempenho reprodutivo de novilhas de corte

.

Efeitos da suplementação com ácidos graxos poliinsaturados protegidos da degradação ruminal no desempenho reprodutivo de novilhas de corte

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeitos da suplementação com ácidos graxos poliinsaturados protegidos da degradação ruminal no desempenho reprodutivo de novilhas de corte
Autor Gonsioroski, Andressa Varella
Orientador Borges, Joao Batista Souza
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Ácidos graxos poli-insaturados
Desempenho reprodutivo : Bovinos
IATF - Inseminação artificial a tempo fixo
Novilha de corte
Suplementação
Resumo O uso de fontes de gordura protegida para vacas leiteiras é uma estratégia comum para elevar a densidade energética da dieta para melhorar a produtividade e o desempenho reprodutivo. Em vacas de corte, esta suplementação tem sido testada ao final dos protocolos de inseminação artificial a tempo fixo (IATF), com o objetivo de incrementar as taxas de prenhez através da redução das perdas embrionárias. No entanto, baixas taxas de prenhez após a IATF estão associadas a reduzidas taxas de ovulação nos tratamentos para sincronização de estros. Este experimento teve como objetivo avaliar se a suplementação de 200g de gordura protegida (Megalac-E®) na dieta no período de 30 dias que antecede ou posterior à IATF afeta positivamente o tamanho do folículo ovulatório, a taxa de ovulação e a taxa de prenhez. Cento e trinta e oito novilhas da raça Brangus, com escore de condição corporal médio de 2,85±0,17 (em escala de 1 a 5) foram divididas aleatoriamente em dois grupos. O grupo 1 recebeu 200g de gordura protegida diariamente por trinta dias até a data da IATF. O grupo 2 recebeu a mesma suplementação com a gordura protegida, por 30 dias, após a IATF. Todos os animais receberam no Dia -9 tratamento hormonal iniciando-se pela inserção de dispositivo intravaginal com 1g de Progesterona (DIB, Intervet Schering-Plough), e 2mg de Benzoato de estradiol, im (Gonadiol, Schering-Plough, Brasil). No Dia -2, os dispositivos foram retirados e aplicados 2ml de d-Cloprostenol, im (Prolise, Genert, Brasil). No Dia -1 foi injetado 1ml de BE. Vinte e quatro horas depois, no Dia 0, foi realizado exame de ultrasom dos ovários para medir o diâmetro do folículo ovulatório e no Dia 10, para determinar a taxa de ovulação. As novilhas foram inseminadas entre 52 e 54 horas após a retirada dos dispositivos de Progesterona. Os diagnósticos de gestação foram realizados 30 dias após a IATF e ao final da temporada reprodutiva. Os diâmetros médios dos folículos ovulatórios foram significativamente maiores no grupo suplementado antes da IATF (11,2±2,5mm), comparados os do grupo suplementado após IATF (9,63±2,2mm). A taxa de prenhez foi significativamente maior no Grupo 1 em relação ao Grupo 2 (67,1 x 48,5% respectivamente). De acordo com os resultados obtidos, a suplementação com gordura protegida no período anterior ao programa de sincronização de estros para a IATF proporciona melhor desempenho reprodutivo em novilhas de corte.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/119383
Arquivos Descrição Formato
000969990.pdf (91.54Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.