Repositório Digital

A- A A+

Produção e colaboração científica brasileira indexada na categoria ciências das plantas na Web of Science de 2007 a 2013

.

Produção e colaboração científica brasileira indexada na categoria ciências das plantas na Web of Science de 2007 a 2013

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Produção e colaboração científica brasileira indexada na categoria ciências das plantas na Web of Science de 2007 a 2013
Autor Flores, Andressa Bones
Orientador Vanz, Samile Andrea de Souza
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Biblioteconomia.
Assunto Bibliometria
Produção científica
[en] Bibliometrics
[en] Botany
[en] Plant sciences
[en] Scientific collaboration
[en] Scientific production
Resumo Analisa os documentos brasileiros indexados na categoria de assunto WC Ciências das Plantas da Web of Science (WoS) no período de 2007 a 2013. Apresenta a importância da Botânica para o Brasil, suas principais contribuições, bem como o desenvolvimento dessa ciência desde o descobrimento do país até os dias atuais. Expõe a comunicação científica da área e suas transformações e cita a contribuição dos estudos bibliométricos na medição da atividade científica, em especial alguns estudos bibliométricos sobre Botânica. A metodologia utilizada consistiu no download dos documentos da WoS e posteriores análises com o emprego dos softwares Bibexcel e Excel. As figuras foram geradas com os softwares Gephi e Ucinet. Foram encontrados 7.669 documentos no período de 2007 a 2013, e observou-se que houve crescimento constante na produção de documentos na categoria Ciências das Plantas durante o período. Constatou-se que o inglês é o idioma predominante das publicações, o artigo de periódico é o tipo de documento preferido para publicação e a produção é distribuída em 195 periódicos, sendo os três principais os brasileiros: Planta Daninha, Acta Botanica Brasilica e Ciência Florestal. A Farmacologia e Farmácia, a Química Medicinal e a Agronomia são as principais áreas que se relacionam com as Ciências das Plantas. A maioria dos autores mais produtivos estão vinculados a Universidade Federal de Viçosa, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.As instituições mais produtivas são Universidade de São Paulo, Embrapa, Unesp, UFV e Universidade Federal do Rio Grande do Sul, respectivamente. A colaboração entre autores foi identificada em 97,74% dos documentos, sendo que os grupos de três autores são os mais comuns (17,81% do total de trabalhos). Existe alta colaboração entre as instituições, principalmente entre aquelas sediadas em São Paulo. A colaboração internacional é maior com os EUA e com países europeus. Entretanto, a colaboração internacional do Brasil é baixa nessa área. Conclui que o número de publicações no período apresentou crescimento e que apesar da colaboração internacional ser baixa, a colaboração entre as instituições brasileiras vem crescendo.
Abstract This study analyzes Brazilian documents indexed in the category WC Plant Sciences in the database Web of Science (WoS) in the period of 2007 to 2013. It presents the relevance of Botany to Brazil, its main contributions as well as the development of the science since the discovery of the country until today. The work exposes the scientific communication in the area and its transformations, and mentions the contributions of bibliometric studies to the measurement of scientific activity, especially a few bibliometric studies on Botany. Documents from WoS were downloaded and analyzed through the softwares Bibexcel and Excel. The figures were created with the softwares Gephi and Ucinet. The research found a total of 7.669 documents published in the period of 2007 to 2013 and observed a constant growth in the making of scientific publications in the area Plant Sciences in the period. It was concluded that English is the language that is most used in the publications; that journal articles are the favored type of document for publication and that the production of scientific papers is distributed in 195 journals. The first three journals in number of publications are the Brazilian: Planta Daninha, Acta Botanica Brasilica, and Ciência Florestal. Pharmacology and Pharmacy, Medicinal Chemistry and Agronomy are the main areas that relate to Plant Sciences. Most of the most productive authors have ties to the Federal University of Viçosa (UFV), to Embrapa and to Unesp. The most productive institutions are the University of São Paulo, Embrapa, Unesp, UFV and the Federal University of Rio Grande do Sul, in that order. Collaborations among authors were identified in 97,74% of the documents; collaborations between three authors were the most common (17,81% of the total documents). There is a high collaboration rate among the institutions, especially between those in São Paulo. International collaboration rated higher with the United Stated and with European countries. However, Brazilian international collaboration rates low in the area of Plant Sciences. The study concludes that the number of publications in the period was growth, while Brazilian international collaboration is not expressive, the collaboration between Brazilian institutes is growing.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/122421
Arquivos Descrição Formato
000971192.pdf (1.429Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.