Repositório Digital

A- A A+

Jaime Lannister e o monomito em Game of Thrones

.

Jaime Lannister e o monomito em Game of Thrones

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Jaime Lannister e o monomito em Game of Thrones
Autor Xavier, Kellen do Carmo
Orientador Rossini, Miriam de Souza
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Propaganda e Publicidade.
Assunto Games of Thrones (Programa de televisão)
Jornada do herói
[en] HBO
[en] Serial fiction
[en] The myth of the hero
Resumo O presente trabalho se propõe a pensar o monomito, também conhecido como Mito do Herói, a partir da narrativa seriada televisiva Game of Thrones. Com a análise do arco do personagem Jaime Lannister nas quatro primeiras temporadas da produção da emissora paga norte-americana HBO, pretende-se pensar a figura do herói em suas funções dramática e psicológica dentro da história. Para tanto, esta monografia apresenta o seriado televisivo Game of Thrones, assim como a série literária que lhe deu origem, As Crônicas de Gelo e Fogo, e a emissora responsável pela sua produção, a HBO. Como referencial, este texto traz as teorias descritas na obra de Francis Jost (2012) para falar sobre as séries televisivas norte-americanas; de Antônio Cândido (2005) para apresentar o personagem no romance e de Christopher Vogler (2006) para trabalhar o herói no audiovisual. Para a análise do objeto empírico, foram consultadas propostas metodológicas presentes em Gérard Betton (1987), Francis Vanoye e Anne Goliot-Lété (2008).
Abstract The following paper seeks to think the monomyth, also known as the Myth of the Hero, from the television show Game of Thrones. Analyzing the character arc of Jaime Lannister in the first four seasons of HBO's production - a North-American channel of the cable television network - it is intended to think the Hero at its dramatic and psychological functions in the story. To be able to do that, this monograph contextualizes the television show Game of Thrones, as well as the literary series that inspired it, A Song of Ice and Fire, and the television broadcaster responsible for the production of the show, HBO. As its theoretical reference, this paper uses the theories described on Francis Jost's work (2012) to discuss the North-American television shows; on the Antônio Cândido's studies (2005) to present the character in a romance, and on Christopher Vogler's work (2006) to bring up the hero at the audiovisual. To guide the analysis of the empirical object, the methodological proposals of Gérard Betton (1987), Francis Vanoyne e Anne Goliot-Lété (2008) were consulted.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/122674
Arquivos Descrição Formato
000971394.pdf (2.259Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.