Repositório Digital

A- A A+

Análise comparativa de sistemas estruturais compostos por vigas e lajes maciças ou nervuradas em edifícios

.

Análise comparativa de sistemas estruturais compostos por vigas e lajes maciças ou nervuradas em edifícios

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise comparativa de sistemas estruturais compostos por vigas e lajes maciças ou nervuradas em edifícios
Autor Graff, Samantha
Orientador Masuero, Joao Ricardo
Co-orientador Bessa, Virgínia Maria Rosito d'Avila
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Nos últimos tempos, devido às evoluções arquitetônicas, os projetos estruturais têm exigido cada vez mais capacidade técnica por parte dos engenheiros. A grande variedade de opções a serem adotadas para resolver o pavimento de um edifício, por exemplo, seja ele comercial ou residencial, torna válido um estudo prévio sobre a solução que agrega mais aspectos positivos, em relação a consumo de materiais, custos e prazos de execução. O bom engenheiro deve ter capacidade de desenvolver um projeto seguro e funcional, com custo e prazo de execução compatíveis. Este trabalho procura estabelecer uma comparação de pavimentos de edifícios comerciais e residenciais executados com lajes maciças e nervuradas, quanto a aspectos técnicos e econômicos, visando constatar quais são as principais vantagens e desvantagens de cada solução estrutural abordada. Para tal, foi feita uma seleção de pavimentos de edifícios com características diferenciadas entre si, usualmente construídos na região de Nova Prata, e dimensionou-se os pavimentos para as duas soluções estruturais propostas, utilizando o software de cálculo e análise estrutural Cypecad. Dessa forma, foram obtidos os consumos de materiais (aço, concreto, fôrmas e escoramento) necessários para a execução de cada pavimento e, a partir disso, puderam ser calculados os custos para cada modelo, considerando material e mão de obra. Além disso, com base nas etapas de execução envolvidas em cada modelo estrutural, foi estimada a quantidade de homens-hora requeridos para a execução dos pavimentos, utilizando os consumos envolvidos em cada composição de serviço. De posse de todos os resultados, foram feitas as devidas comparações entre os pavimentos, e constatou-se que as lajes nervuradas apresentam, em geral, um menor consumo de materiais e também menor custo de execução. Além disso, a principal vantagem observada na laje nervurada foi em relação ao sistema de escoramento adotado na região de estudo, que permite o encaixe perfeito das cubetas de polipropileno, sem a necessidade do uso de compensados para modelar o pavimento. No entanto, por deixar à mostra as nervuras da laje, esta solução desagrada a alguns arquitetos. As lajes maciças, por sua vez, já possuem uma mão de obra treinada, pois foram o sistema estrutural mais utilizado durante anos, o que pode ser favorável durante a execução.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/127724
Arquivos Descrição Formato
000971013.pdf (3.621Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.