Repositório Digital

A- A A+

Práticas artísticas orientadas ao contexto e crítica em âmbito institucional

.

Práticas artísticas orientadas ao contexto e crítica em âmbito institucional

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Práticas artísticas orientadas ao contexto e crítica em âmbito institucional
Autor Albuquerque, Fernanda Carvalho de
Orientador Zielinsky, Monica
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais.
Assunto Arte : Critica
Arte : Instituições
Arte contemporânea
Contexto político
Contexto social
Mano, Rubens
Salcedo, Doris
[en] Contemporary art
[en] Context
[en] Criticism
[en] Institution
Resumo Esta pesquisa tem como tema a reflexão sobre práticas artísticas orientadas à especificidade de contextos – institucionais e políticos sobretudo – e sua articulação crítica no âmbito da instituição de arte. Trata-se de indagar sobre os limites e as possibilidades desse tipo de prática, quando comissionada por museus de arte, promover uma reflexão crítica em relação à instituição para a qual é pensada. Podem essas práticas aportar mudanças à instituição ou pelo menos articular reflexões que suscitem questionamentos capazes de incitar transformações? Para tanto, o estudo realiza uma revisão bibliográfica sobre práticas artísticas orientadas ao contexto dos anos 1960 à atualidade, relacionando a recente absorção desse tipo de prática por parte de programas curatoriais com o chamado retorno da crítica institucional na última década. Recorre-se, então, a dois estudos de caso: o primeiro sobre contemplação suspensa (2008), trabalho desenvolvido por Rubens Mano para a Pinacoteca do Estado de São Paulo, e o segundo sobre Shibboleth (2007), obra realizada por Doris Salcedo para a Tate Modern, Londres. A análise aponta para a possibilidade de uma articulação crítica que se manifesta sobretudo no processo de trabalho dos artistas em proximidade – e em constante negociação – com a instituição.
Abstract This research investigates context-oriented artistic practices – the context taken in its institutional and political aspects mostly – and its critical articulation in the realm of an art institution. The idea is to enquire the limits and the possibilities of such practices, when comissioned by art museums, promoting a critical reflexion towards the institution they respond to. Can these practices bring any changes to the institution or at least articulate reflexions that might give rise to questionings able of provoking transformations? In orther to do that, the research undertakes a literature review on context-oriented artistic practices from the 1960’s until nowadays, putting in relationship the recent assimilation os such practices by curatorial programs with the so called return of institutional critique during the last decade. Therefore, the research seeks two study cases: one regarding contemplação suspensa (2008), an artwork developed by Rubens Mano to the Pinacoteca do Estado de São Paulo, and the other about Shibboleth (2007), an art project conceived by Doris Salcedo to the Tate Modern, London. The analysis points to the possibility of a critical articulation that manifests itself mainly during the art process that happens in proximity – and in constant negotiation – with the institution.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/128026
Arquivos Descrição Formato
000973537.pdf (16.49Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.