Repositório Digital

A- A A+

Respiração e produção de etanol e de etileno em mangas armazenadas sob diferentes concentrações de dióxido de carbano e oxigênio

.

Respiração e produção de etanol e de etileno em mangas armazenadas sob diferentes concentrações de dióxido de carbano e oxigênio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Respiração e produção de etanol e de etileno em mangas armazenadas sob diferentes concentrações de dióxido de carbano e oxigênio
Outro título Respiration rates and ethanol and ethylene production of mangoes stored under elevated carbon dioxide and reduced oxigen atmospheres
Autor Bender, Renar João
Brecht, Jeffrey K.
Resumo O objetivo deste trabalho foi avaliar a respiração e produção de etanol e etileno em mangas armazenadas sob reduzidas concentrações de oxigênio (O2) e elevadas concentrações de dióxido de carbono (CO2). Mangas pré-climatéricas das cultivares Kent e Tommy Atkins foram armazenadas, sob fluxo contínuo, por 14 ou 21 dias, a 12°C em três concentrações de O2: 3%, 5% ou 21% em mistura com concentrações de 5%, 15%, 25%, 35%, 45%, 50% ou 70% de CO2. O tratamento-testemunha constou de armazenagem em ar sob fluxo contínuo. Após o período em atmosfera controlada (AC), as mangas foram transferidas e mantidas por 5 dias em ar a 20oC. Mangas sob concentrações de 50% e 70% de CO2 produziram mais etanol que nas demais concentrações de CO2. A redução para 3% de O2 na atmosfera de armazenagem aparentemente não teve efeito adicional ao CO2 na produção de etanol. A atividade respiratória de mangas em AC com CO2 acima de 45% foi muito mais intensa do que a respiração sob as concentrações de CO2 mais baixas; a produção de etileno, no entanto, esteve suprimida, e, mesmo após a transferência para ar, não se recuperou, permanecendo inferior aos demais tratamentos. A queda na atividade respiratória das mangas armazenadas a 50% e 70% de CO2, quando foram transferidas para ar a 20oC indica que as elevadas concentrações de CO2 causaram dano irreparável aos tecidos.
Abstract The objective of this work was to evaluate respiration rates and ethanol and ethylene production of mangoes stored in controlled atmosphere (CA) with reduced O2 and elevated CO2 concentrations. Pre-climacteric ‘Kent’ and ‘Tommy Atkins’ mangoes were stored for 14 or 21 days at 12°C in 5%, 15%, 25%, 35%, 45%, 50% or 70% CO2 plus either 21%, 5% or 3% O2 in a flow through CA system at 12°C. In the control treatment fruits were stored in air at the same temperature and also in the flow through system. After the CA storage the mangoes were transferred and kept for 5 days in air at 20oC. Mangoes stored in either 50% or 70% CO2 had the highest ethanol production rates. The reduction to 3% of the O2 concentration in the storage atmosphere does not seem to have an additional effect on ethanol production. Respiratory rates of mangoes in CA above 45% CO2 atmospheres were higher than in the other treatments, while ethylene production rates were the lowest values. After transfer to air at 20oC, respiration rates of mangoes from these treatments dropped significantly below control levels, which, associated with lower rates of ethylene production, indicate that the mangoes had been damaged by the elevated CO2 atmospheres.
Contido em Pesquisa Agropecuária Brasileira: 1977. Brasília. Vol. 35, n. 5 (maio 2000), p. 865-871
Assunto Armazenamento de alimento
Calor
Manga
Tratamento térmico
[en] Anaerobiosis
[en] Controlled atmosphere storage
[en] Kent cultivar
[en] Mangifera indica
[en] Tommy Atkins cultivar
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/129388
Arquivos Descrição Formato
000274748.pdf (221.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.