Repositório Digital

A- A A+

Equilíbrio corporal de idosos caidores e não caidores : influência de um programa físico para prevenção de quedas

.

Equilíbrio corporal de idosos caidores e não caidores : influência de um programa físico para prevenção de quedas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Equilíbrio corporal de idosos caidores e não caidores : influência de um programa físico para prevenção de quedas
Autor Gottfridsson, Thiele Filikoski Barski
Orientador Gonçalves, Andréa Krüger
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Acidentes por quedas
Atividade física
Envelhecimento
Equilíbrio
Idoso
[en] Aging
[en] Body balance
[en] Fallings
[en] Physical activity
Resumo Com o processo de envelhecimento humano muitas alterações fisiológicas, psicológicas e anatômicas ocorrem no corpo humano. Entre essas mudanças destacam-se as alterações no equilíbrio corporal, que se relacionam com o risco de quedas em idosos. O objetivo desse estudo foi verificar a influência do exercício físico no equilíbrio corporal relacionado à prevenção de quedas em idosos com e sem histórico de quedas. Fizeram parte da amostra 23 idosos integrantes do projeto de extensão Centro de Estudos de Lazer e Atividade Física do Idoso – CELARI na modalidade de equilíbrio da Escola de Educação Física da UFRGS, voluntários, de ambos os sexos, com idade entre 60 e 90 anos. Os participantes foram divididos entre dois grupos: a) idosos com histórico de quedas (caidores); b) idosos sem histórico de quedas (não caidores). O estudo foi do tipo quase-experimental e a análise de dados foi a estatística descritiva (frequência e percentual da classificação dos testes) com auxílio do software SPSS 18.0. Para avaliação de equilíbrio foram aplicados três testes: Alcance Funcional (AF); ´Timed Up and Go´ (TUG); Apoio Unipodal Anterior (AU). Os resultados indicaram que a média de idade foi de 75,4±6,68 anos. Verificou-se alteração no teste de Alcance Funcional nos dois grupos analisados: AF pré intervenção: caidores 55,6% baixo risco de queda; não caidores 69,2% sem risco de queda); pós intervenção: caidores 77,8% sem risco de queda, não caidores 92,3% sem risco de queda. No Apoio Unipodal indicou alteração somente para o grupo caidores na pré intervenção: caidores 44,4% baixo risco de quedas; não caidores 76,9% baixo risco de quedas; e, pós intervenção: caidores 55,6% baixo risco de quedas; não caidores 76,9% baixo risco de quedas. No TUG ocorreu uma redução do número de idosos caidores na classificação para baixo risco de quedas: TUG pré intervenção: caidores 100%; não caidores 100%; pós intervenção: caidores 88,9%; não caidores 100%. Constatou-se assim que, a intervenção proposta produziu melhora nos índices de equilíbrio corporal dos idosos, o que pode influenciar na diminuição no risco de quedas.
Abstract With the process of human aging, many physiological, anatomical and psychological changes occur in the human body. Among these changes, there are the ones in body balance, which are related to the risk of fallings in elderly people. The aim of this study was to investigate the influence of exercises on body balance related to the prevention of fallings in elderly people with and without history of fallings. The sample included 23 elderly participants from the extension project called "Centro de Estudos de Lazer e Atividade Física do Idoso" - CELARI in balance mode of the School of Physical Education from UFRGS, the participants were also volunteers, from both sexes, aged between 60 and 90 years. Participants were divided into two groups: a) elderly people with a history of fallings (fallers); b) no history of fallings elderly people (non-fallers). The study was quasi-experimental and data analysis was done under the descriptive statistics (frequency and percentage of classification test) made with the SPSS 18.0 software. As to the balance evaluation, three tests were applied: Functional Reach (FR); Timed Up and Go (TUG); and Single Leg Support (SLS). The results indicated that the overall age among the participants was 75.4 ± 6.68 years. It was verified that a change occurred in the Functional Range Test in the two analyzed groups: FR pre intervention (55.6% faller low risk of falling, non-faller 69.2% with no risk of falling). In addition, a post intervention (77.8% faller without risk of falling, 92.3 without risk of falling). In the Single Leg Support, there was change only for the faller group: pre intervention FR (faller 44.4% lower risk of fallings, non-faller 76.9% lower risk of fallings) and post intervention (faller 55.6% lower risk of fallings; non-faller 76.9% lower risk of fallings). At TUG, there was a reduction in the number of fallers in the classification down risk of fallings: TUG pre intervention (fallers 100%, non-fallers 100%) post intervention (fallers 88.9%; non-fallers 100%). Thus, it was found that the proposed intervention produced better improvements in rates of body balance of the elderly people, which may influence the decrease in the risk of fallings.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/129773
Arquivos Descrição Formato
000977438.pdf (473.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.