Repositório Digital

A- A A+

Fidelidade em tradução : análise das traduções brasileiras de três romances de Umberto Eco

.

Fidelidade em tradução : análise das traduções brasileiras de três romances de Umberto Eco

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fidelidade em tradução : análise das traduções brasileiras de três romances de Umberto Eco
Autor Cavallo, Patrizia
Orientador Rodrigues, Sara Viola
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Crítica
Eco, Umberto 1932-
Tradução
[en] Faithfulness
[en] Translation criticism
[en] Translation of Umberto Eco‟s novels
[it] Critica della traduzione
[it] Fedeltà
[it] Traduzione di romanzi di Umberto Eco
Resumo O objetivo do presente estudo é de refletir sobre o conceito de fidelidade em tradução, destacando a evolução desse entendimento ao longo dos séculos até a perspectiva crítica do século XXI, com seus avanços tecnológicos e a mudança de paradigmas teórico-práticos. Para conduzir a reflexão proposta, inserida na área da Literatura Comparada e dos Estudos de Tradução, realiza-se a análise das traduções, para o português brasileiro, de três romances italianos escritos por Umberto Eco. Os romances escolhidos são Il Pendolo di Foucault, publicado em 1988 na Itália e traduzido no Brasil por Ivo Barroso em 1989, com o título O Pêndulo de Foucault; L‟Isola del Giorno Prima, de 1994, lançado no Brasil com tradução de Marco Lucchesi em 1995, intitulado A Ilha do Dia Anterior, e La Misteriosa Fiamma della Regina Loana, publicado na Itália em 2004 e no Brasil em 2005, tradução de Eliana Aguiar intitulada A Misteriosa Chama da Rainha Loana. Para desenvolver a pesquisa e ilustrar os resultados obtidos, examinou-se um corpus conciso, mas acurado, composto por um capítulo representativo de cada romance e, a partir desse, identificaram-se os focos principais de análise: as metáforas vivas, as listas e os estrangeirismos. Esses elementos, que são abundantes nas obras ficcionais de Umberto Eco e caracterizam seu estilo erudito, foram extraídos dos textos originais, colocados em tabelas e alinhados aos seus equivalentes brasileiros. Metáforas vivas, listas e estrangeirismos merecem uma atenção especial do ponto de vista tanto linguístico quanto cultural, razão pela qual o estudo das escolhas realizadas pelos três tradutores é particularmente relevante para os objetivos que esta pesquisa se propõe. O corpus criado a partir dos capítulos selecionados dos romances inclui 95 metáforas vivas, 29 listas e 60 estrangeirismos. O trabalho visa a analisar os exemplos mais significativos dessas amostras no que diz respeito às suas traduções e às várias manifestações da fidelidade. As investigações realizadas apontam para um horizonte em que a fidelidade está concebida em termos de compromisso, negociação, lealdade e respeito. Nesse renovado debate discute-se também a relação existente entre autor e tradutor, dando voz, por meio de questionário, aos três tradutores dos romances analisados, ulterior e fundamental etapa para refletir sobre a tarefa desafiadora e exigente da tradução.
Abstract The aim of this study is to reflect upon the concept of faithfulness in translation, emphasizing its evolution over time until the critical viewpoint of the 21st century, characterized by technological progress and by the shift in theoretical and practical paradigms. In this investigation, carried out in the framework of Comparative Literature and Translation Studies, the translations into Brazilian Portuguese of three Italian novels written by Umberto Eco were analyzed. The novels chosen for this research are Il Pendolo di Foucault, published in Italy in 1988, and translated in Brazil by Ivo Barroso in 1989, with the title O Pêndulo de Foucault, L‟Isola del Giorno Prima, published in Italy in 1994 and in Brazil in 1995 in the translation by Marco Lucchesi as A Ilha do Dia Anterior, and La Misteriosa Fiamma della Regina Loana, published in Italy in 2004 e in Brazil in 2005, translated with the title A Misteriosa Chama da Rainha Loana by Eliana Aguiar. In order to carry out this study and present the results obtained, a concise but accurate corpus, composed of a representative chapter from each novel, was analyzed and the main foci of the research were identified: live metaphors, lists and foreign words. These elements, which are abundant in Umberto Eco‟s fiction works and characterize his erudite style, were extracted from the original texts, organized into tables and aligned with their Brazilian equivalents. Live metaphors, lists and foreign words deserve special attention from a linguistic and a cultural viewpoint, which is the reason why the study of the choices made by the three translators is particularly relevant for the goals of this research. The corpus, originated from the selected chapters of the novels, includes 95 live metaphors, 29 lists and 60 foreign words. This work aims at analyzing the most significant examples as far as their translations are concerned, and how faithfulness arises from them. In the research conducted in this study, faithfulness is perceived in terms of compromise, negotiation, loyalty and respect. In this renewed framework, the relationship between author and translator is also discussed. Furthermore, the voice was given to the three translators of the analyzed novels, all of whom were asked to fill a questionnaire, thus significantly contributing to the reflection upon the challenging and demanding task of translation.
Riassunto L‟obiettivo del presente lavoro è riflettere sul concetto di fedeltà in traduzione, seguendo l‟evoluzione di questa nozione nel corso dei secoli fino alla prospettiva critica del XXI secolo, con i suoi progressi tecnologici e il cambio di paradigmi teorico-pratici. Per condurre la riflessione proposta, inserita nell‟area della Letteratura Comparata e degli Studi di Traduzione, è stata realizzata l‟analisi delle traduzioni verso il portoghese brasiliano di tre romanzi italiani scritti da Umberto Eco. I romanzi scelti sono Il Pendolo di Foucault, pubblicato nel 1988 in Italia e tradotto in Brasile da Ivo Barroso nel 1989, con il titolo O Pêndulo de Foucault, L‟Isola del Giorno Prima, del 1994, arrivato in Brasile con la traduzione di Marco Lucchesi nel 1995 e intitolato A Ilha do Dia Anterior, e La Misteriosa Fiamma della Regina Loana, pubblicato in Italia nel 2004 e in Brasile nel 2005 con la traduzione di Eliana Aguiar intitolata A Misteriosa Chama da Rainha Loana. Per svolgere la ricerca e presentare i risultati ottenuti, è stato esaminato un corpus conciso, ma accurato, composto da un capitolo rappresentativo di ogni romanzo, a partir dal quale sono stati identificati i pilastri dell‟analisi: metafore vive, liste e forestierismi. Questi elementi, che abbondano nelle opere di finzione di Umberto Eco e caratterizzano il suo stile erudito, sono stati estratti dai testi originali, inseriti in tabelle e allineati con i loro equivalenti brasiliani. Metafore vive, liste e forestierismi meritano un‟attenzione speciale dal punto di vista sia linguistico che culturale, ragion per cui lo studio delle scelte realizzate dai tre traduttori è particolarmente rilevante per gli obiettivi che questa ricerca si propone. Il corpus creato a partire dai capitoli selezionati dei romanzi include 95 metafore vive, 29 liste e 60 forestierismi. Il lavoro mira ad analizzare gli esempi più significativi di questi campioni, ossia le loro traduzioni e i vari modi in cui si manifesta la fedeltà. Nell‟indagine realizzata in questo studio, la fedeltà è concepita in termini di compromesso, negoziazione, lealtà e rispetto. In questo rinnovato dibattito si discute, altresì, della relazione che esiste tra autore e traduttore, dando voce, attraverso un questionario, ai tre traduttori dei romanzi analizzati, un‟ulteriore e fondamentale tappa per riflettere sul compito impegnativo e ricco di sfide che rappresenta la traduzione.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/130003
Arquivos Descrição Formato
000968614.pdf (1.494Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.