Repositório Digital

A- A A+

Medicação intracanal na revascularização pulpar : uma revisão de literatura

.

Medicação intracanal na revascularização pulpar : uma revisão de literatura

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Medicação intracanal na revascularização pulpar : uma revisão de literatura
Outro título Intracanal medications used for the pulp revascularization therapy : a literature review
Autor Martins, Gabriela Bülow
Orientador Soares, Renata Grazziotin
Data 2015
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Especialização em Endodontia.
Assunto Desinfecção
Polpa dentaria
[en] Calcium hydroxide
[en] Chlorhexidine
[en] Dental pulp
[en] Disinfection
[en] Intracanal medication
[en] Protocols
[en] Pulp revascularization
[en] Revascularization
[en] Triple antibiotic paste
Resumo A necrose pulpar em dentes imaturos (rizogênese incompleta) representa um grande prejuízo para o paciente, causando dor, dificuldades mastigatórias, fraturas, comprometimento estético e desordens psicológicas. Além do prejuízo para o paciente, as dificuldades inerentes ao manejo dos dentes imaturos por meio da terapia de apicificação, têm levado os pesquisadores a focar em uma terapia alternativa: a revascularização pulpar. Considerando que a revascularização é uma nova abordagem para tratamento de dentes imaturos necrosados, e que os profissionais deveriam embasar suas decisões clínicas em evidências científicas da literatura atual, este presente trabalho compilou e reportou os estudos disponíveis sobre os tipos de medicação intracanal utilizados na terapia da revascularização pulpar. Após coleta de dados, observou-se que, recentemente, pesquisadores têm conseguido obter adequados resultados provenientes da terapia de revascularização pulpar, mesmo modificando a técnica inicialmente proposta, a qual recomenda uma pasta antibiótica tripla (metronidazol, ciprofloxacina e minociclina) como medicação intracanal. A literatura reporta que mais importante que a escolha da medicação é a possibilidade de sanificação do canal, que pode ser conseguida a partir da irrigação, mesmo quando a terapia de revascularização é realizada em apenas uma sessão.
Abstract The pulp necrosis in immature teeth (incomplete rhizogenesis) represents a great harm for the patient, causing pain, chewing difficulties, fractures, esthetic involvement and psychological disorders. Besides the harm to the patient, the difficulties inherent in the management of immature teeth through apicification therapy have led researchers to focus on an alternative therapy: the pulp revascularization. Whereas revascularization is a new approach for treating necrotic immature teeth and that professionals should base their clinical decisions on scientific evidence from current literature, this study is a compilation of the available studies about types of intracanal medication used in the pulp revascularization therapy. After data collection, it was observed that recently researchers have been able to obtain adequate results from pulp revascularization therapy, even modifying the technique originally proposed, which recommends a triple antibiotic paste (metronidazole, ciprofloxacin and minocycline) as intracanal medication. The literature states that more important than the choice of medication is the possibility to sanitize the canal, which can be achieved from the irrigation, even when revascularization therapy is performed in a single session.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/130465
Arquivos Descrição Formato
000977386.pdf (610.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.