Repositório Digital

A- A A+

Contribuição ao estudo da susceptibilidade à corrosão-sob-tensão do aço inoxidável austenítico SAE 304 em MgCl2 a 125°C por meio do ensaio de tração com baixa taxa de alongamento

.

Contribuição ao estudo da susceptibilidade à corrosão-sob-tensão do aço inoxidável austenítico SAE 304 em MgCl2 a 125°C por meio do ensaio de tração com baixa taxa de alongamento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Contribuição ao estudo da susceptibilidade à corrosão-sob-tensão do aço inoxidável austenítico SAE 304 em MgCl2 a 125°C por meio do ensaio de tração com baixa taxa de alongamento
Autor Heck, Nestor Cezar
Orientador Muller, Iduvirges Lourdes
Data 1981
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Metalúrgica e dos Materiais.
Assunto Aço inoxidável austenítico
Corrosao
Resumo Um estudo sobre a suscetibilidade à corrosão-sob-tensão do aço inoxidável austenítico SAE 304 foi feito utilizando-se principalmente uma solução aquosa MgCl2 a 125°C pelo método da tração com baixa taxa de elongamento. Para tanto montou-se um sistema que pudesse realizar os testes, constituído por uma máquina de tração e acessórios. Constatou-se a eficácia deste sistema por meio de ensaios onde se procuravam os potenciais críticos para a solução pura ou adicionada de NaNO3. Os potenciais críticos encontrados para a solução de MgCl2 pura estiveram entre -145 e -160 mVH, e entre -90 e -100 mVH para a solução adicionada de 2,5% de NaNO3. A comparação destes resultados com outros provindos de testes com carga constante mostrou haver uma boa correlação. Usando-se soluções aquosas de NaCl em concentrações de 10 e 25%, os resultados mostraram-se pouco claros, devido ao uso de uma taxa de elongamento inadequada.
Abstract A study has been made of the stress corresion cracking susceptibility of type 304 austenitic stainless steel rainly in aquesus solution of MgCl2 at 125°C using strain-rate technique. A system was built up wich constitutes of a tensile test machine and the peripheric equipment. The efficacy of this system has been tested by running experiments for determination of critical potentials in MgCl2 with or without aditions of NaNO3. Critical potentials were found be between -145 and -160 mVH for pure MgCl2 and between -90 and -100 mVH for MgCl2 plus 2,5% NaNO3. From comparisons of these results with others of constant load tests a good agreement was found. With aqueous solution of 10% an 25% NaCl the results were not clear due to the inadequacy of the imposed strain-rate.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/130712
Arquivos Descrição Formato
000011835.pdf (3.928Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.