Repositório Digital

A- A A+

Avaliação no ensino de artes visuais : desdobramentos e implicações para a docência Porto Alegre 2015

.

Avaliação no ensino de artes visuais : desdobramentos e implicações para a docência Porto Alegre 2015

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação no ensino de artes visuais : desdobramentos e implicações para a docência Porto Alegre 2015
Autor Costa, Vanessa Priscila da
Orientador Loponte, Luciana Gruppelli
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Artes visuais
Avaliação
Formação de professores
[en] Arts’ visual teaching
[en] Assessment
[en] Teaching
Resumo Esta pesquisa tem como temática a avaliação no ensino de artes visuais na Educação Básica, problematizada a partir dos seus desdobramentos e implicações possíveis. Ao investigar as relações e tensionamentos que estão implicados nos discursos sobre avaliação em ensino de arte, o estudo pretende colocar o conceito de avaliação em movimento. Para isso, parte-se da análise de publicações sobre ensino de arte, em sua grande maioria brasileiras, excertos de legislações sobre educação e um conjunto de imagens de trabalhos artísticos realizados durante o percurso como aluna da educação básica a fim de enfatizar as presenças e ausências encontradas na discussão da área e contribuir ao estudo da temática. No decorrer da pesquisa, foi realizada uma busca referente ao termo “avaliação” nos escritos sobre ensino de artes visuais publicados no Brasil desde o final dos anos 70, a partir de autores que considerei como fundamentais na formação inicial do professor de Artes Visuais, tais como BARBOSA (1975, 1984, 2006, 2010), MARTINS; PICOSQUE; GUERRA (2009), FUSARI e FERRAZ (2010), HERNÁNDEZ (2000) e IAVELBERG; ARSLAN (2011). Para pensar e tensionar o conceito de avaliação, também utilizo FISCHER (2012) e VEYNE (1982), autores que se debruçam sobre a obra de Foucault, para questionar o quanto podemos estranhar práticas já tidas como naturalizadas, questões estas discutidas e problematizadas na Linha de Pesquisa Ética, Alteridade e Linguagem na Educação (PPGEdu - UFRGS), em especial as desenvolvidas por LOPONTE (2011). A partir desse trabalho, pensa-se nos desdobramentos dessa discussão sobre avaliação em ensino de arte e as implicações possíveis para as práticas docentes em arte. Em especial, o estudo nos convoca a pensar em outros modos de encarar a avaliação que se faz no ensino de arte, problematizando a maneira como o discurso se movimenta nas publicações, nas legislações e nas imagens, levando a pensar que tal temática é tão complexa a ponto de poucos quererem tocá-la.
Abstract This research has a literally work the assessment in the teaching of visual arts in the basic education, direct related after unfolding and possible implications. After investigating the relations and tendencies that are implied in the discussing about assessment, in arts’ teaching, the study allows to put the concept of assessment in movement. Beyond that, begins with publications analysis about arts’ teaching, most of all, Brazilians except legislations about education, and a sort of images of artistics jobs, during the journey with the student of basic education with the target to emphasize the presences and absences found in the discussion of the area and add to the thematic studies. Beyond this report, to be aware about the unfolding from this discussion in the art major, and possible implications, for the teaching practices in art. During the research, it was done one search for the term “evaluation” in the writes about visual arts, published in Brazil since the end 1970´s, beyond the authors that were considered to be relevant in the initial formation of the visual arts teacher, like BARBOSA (1975, 1984, 2006, 2010), MARTINS; PICOSQUE; GUERRA (2009), FUSARI e FERRAZ (2010), HERNÁNDEZ (2000) and IAVELBERG; ARSLAN (2011). To think and tension the evaluation´s concept, I also use FISCHER (2012) and VEYNE (1982), authors that address over Foucault´s work, to question how much we can be amazed by practices already considered natural before that, questions ones, discussed and problematized in the line of ethics, otherness and language in the education (PPGEdu - UFRGS), in special developed by LOPONTE (2011). This study specially requests to think about in other ways to face the assessments, that are related to the arts’ teaching, rending problematic the way the discuss moves the publications in the legislations and images, guiding to think that this thematic is really complex as a result of this fact, few people want to handle this major.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/131009
Arquivos Descrição Formato
000979949.pdf (2.199Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.