Repositório Digital

A- A A+

A mediação em saúde : espaços e ações de profissionais na rede de atenção à população rural

.

A mediação em saúde : espaços e ações de profissionais na rede de atenção à população rural

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A mediação em saúde : espaços e ações de profissionais na rede de atenção à população rural
Outro título Mediation in health : spaces and professional actions in the rural population care network
Autor Santos, Vilma Constancia Fioravante dos
Gerhardt, Tatiana Engel
Resumo A atual organização das Redes de Atenção em Saúde (RAS) exige olhares que busquem analisá-las a partir dos profissionais e usuários que dão movimento a estes dispositivos. A mediação em saúde, enquanto uma ação do profissional em função das demandas de saúde do usuário e que intervém sobre seu fluxo de utilização dos serviços, é uma possibilidade de fazer esta análise. Tem-se como objetivo deste estudo analisar a organização local de uma RAS a partir da ação de mediação empreendida pelos profissionais que atuam nos serviços de saúde e que atendem populações rurais. Trata-se de um estudo qualitativo que se utilizou de entrevista semiestruturada, diário de campo e observação participante. Apreendeu-se que as ações de mediação em saúde, em seu exercício, envolvem diferentes setores e atores que incidem sobre o campo da saúde, gerando desacomodações em diferentes espaços, circunscrevendo-se além daquilo que é protocolizado e formalmente instituído para os serviços de saúde. O campo de atuação do mediador, no entanto, depende do reconhecimento das ações de mediação como uma atuação legítima, do contrário, existe a possibilidade de a ação de mediação gerar processos de desautorização e cerceamento dos profissionais. Apreendeu-se igualmente que, ao estudar a mediação em saúde em uma RAS, dá-se visibilidade a uma potência, que existe nas tramas destes arranjos, e isto merece atenção e mais debate, uma vez que impacta a lógica institucional e interfere sobre a organização da RAS localmente.
Abstract The current organization of Health Care Networks (Redes de Atenção em Saúde - RAS) requires a look that seeks to analyze them from the perspectives of professionals and users, which gives movement to these systems. The mediation in health, as an act of the professional on health demands of the users and affecting the flow of the use of the service, is one possibility to perform the RAS analysis. The objective of this study is to analyze the local organization of one RAS using the mediation activities undertaken by professionals working in health services and serving rural populations. This is a qualitative study that used semi-structured interview, field diary, and participatory observation. We learned that the exercise of mediation in health actions, involve different sectors and actors that happens on the health area, generating issues in different spaces and is limited beyond what is filed and formally instituted for health services. The playing field of the mediator, however, depends on the recognition of mediation actions as a legitimate action, otherwise there is a possibility that the action of mediation generates de-authorization and restriction processes to professionals. We also learned that by studying the mediation in health in one RAS gives visibility to the power that exists in the plots of these arrangements, that deserves attention and enlarged debate as it affects the institutional logic and interferes with the RAS organization locally.
Contido em Saúde e sociedade. São Paulo. Vol. 24, n.4 (out./dez. 2015), p. 1164-1179
Assunto Mediação : Saúde
População rural
Redes de Atenção à Saúde
Saúde da população rural
[en] Attention Networks
[en] Health Care
[en] Health Mediation
[en] Rural Population
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/132601
Arquivos Descrição Formato
000982125.pdf (224.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.