Repositório Digital

A- A A+

Imagens entre a fotografia e o jornalismo: uma leitura simbólica do fotojornalismo premiado

.

Imagens entre a fotografia e o jornalismo: uma leitura simbólica do fotojornalismo premiado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Imagens entre a fotografia e o jornalismo: uma leitura simbólica do fotojornalismo premiado
Autor De Carli, Anelise Angeli
Orientador Barros, Ana Taís Martins Portanova
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação.
Assunto Fotojornalismo
Imagem fotográfica
Imaginário
[en] Image
[en] Imaginary
[en] Photography
[en] Photojournalism
Resumo Esta dissertação caminha pelas fotografias premiadas na última década (2005-2015) do World Press Photo para discutir os aspectos contemporâneos da produção fotojornalística. O substrato teórico parte do sistema imaginário de Gilbert Durand e da complexidade de Edgar Morin para encontrar a epistemologia do jornalismo e da fotografia com autores como Vilém Flusser, Philippe Dubois e Roland Barthes. Percebemos uma inclinação na produção recente do fotojornalismo em produzir narrativas mais elaboradas e simbólicas em lugar das tendências no final do século XX, como a estética do choque a foto flagrante. A hipótese é que os fotojornalistas recentemente prefiram apostar na produção simbólica para não reduzir os acontecimentos a dados informativos.
Abstract This text walks through the winner photographies in the last decade (2005-2015) of the World Press Photo to discuss contemporary aspects of photojournalistic production. From the theoretical basis of Gilbert Durand’s imaginary system and Edgar Morin’s complex thought, we find the epistemology of journalism and photography with authors like Vilém Flusser, Philippe Dubois and Roland Barthes. We noticed a shift in the recent production of photojournalism by the elaboration of more narrative and symbolic pieces rather than late XXth century trends as the aesthetics of shock and photo flagrant. The hypothesis is that the recently photojournalists prefer to bet on symbolic production to not reduce the complexity of the events into informative data.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/132839
Arquivos Descrição Formato
000984926.pdf (2.775Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.