Repositório Digital

A- A A+

Qualidade de vida e nível de atividade física de indivíduos com dor lombar crônica e diabéticos tipo II

.

Qualidade de vida e nível de atividade física de indivíduos com dor lombar crônica e diabéticos tipo II

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Qualidade de vida e nível de atividade física de indivíduos com dor lombar crônica e diabéticos tipo II
Autor Lucas, Edmilson Pereira
Orientador Kruel, Luiz Fernando Martins
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Diabetes mellitus
Exercício físico
Qualidade de vida
Resumo Introdução: A busca por uma melhor qualidade de vida é um dos objetivos da população, em virtude da rotina extenuante entre compromissos com trabalho, educação e afazeres domésticos. Nesta população estão incluídas pessoas com dor lombar crônica e diabetes tipo II. Objetivo: Comparar a qualidade de vida (QV) e o nível de atividade física (NAF) entre pacientes com diabetes tipo II, com dor lombar crônica e Indivíduos que não apresentam os dois quadros clínicos. Metodologia: A amostra foi composta por 65 indivíduos com idade entre 30 e 75 anos. Destes 21 apresentavam diagnóstico de dor lombar crônica (GDL), 22 de diabetes mellitus tipo II (GDII) e 22 indivíduos não apresentavam nenhum dos quadros clínicos (GSD). Instrumentos utilizados foram: o questionário WHOQOL-bref para a QV e o IPAQ para o NAF. Analise estatística: Para a comparação das variáveis categóricas de NAF foi utilizado o teste de Qui-quadrado de Pearson; Para comparação entre os grupos do NAF expresso por equivalentes metabólicos foi utilizado o teste Kruskal Wallis; e ainda, para a comparação da QV entre os grupos avaliados foi utilizada uma ANOVA de um caminho com teste complementar de Bonferroni (α=0,05; SPSS v. 22.0). Resultados: Em relação ao NAF, todos os grupos apresentaram resultados semelhantes conforme os critérios de classificação do IPAQ, sendo a grande maioria classificados como insuficiente ativo. Quando expressos em equivalentes metabólicos, os resultados também não apresentaram diferenças estatisticamente significativas para (p<0,05): atividades de caminhada (p=0,230), de intensidade moderada (p=0,412), de intensidade vigorosa (p=0,622) e o somatório dos grupos (p=0,528). A QV não apresentou diferenças significativas nos domínios: psicológico (p=0,164), meio ambiente (p=0,649) e QV geral (p=0,707). Contudo, os domínios físico (p=0,033) e social (p=0,002) apresentaram diferenças entre os grupos (p<0,05). No domínio físico a QV foi menor no GDL em comparação ao GSD, entretanto semelhante ao GDII. No domínio social, o GDL e GDII apresentaram resultados de QV menores quando comparados ao GSD. Conclusão: O NAF semelhante entre os três grupos avaliados demonstra que o quadro clínico parece não influenciar no quanto os indivíduos realizam de atividade física no dia-a-dia. Em relação à QV, os domínios psicológico, meio ambiente e geral não apresentaram diferenças entre os grupos, enquanto que os domínios físico e social apresentaram diferenças. Estes resultados demonstram que parece que a dor lombar crônica afeta de forma mais significativa o domínio físico, enquanto que tanto a diabetes quanto a dor crônica parecem afetar de forma significativa o domínio social.
Abstract Introduction: The search for a better quality of life is one of the population's objectives, because of the strenuous routine between commitments with work, education and household chores. In this population are included people with chronic back pain and diabetes type II. Objective: To compare the quality of life (QOL) and the level of physical activity (LPA) in patients with type II diabetes, with chronic low back pain and Individuals who do not have the two clinical conditions. Methods: The sample was composed of 65 individuals aged between 30 and 75 years. Of these 21 were diagnosed with chronic low back pain (GDL), 22 with diabetes mellitus type II (GDII) and 22 subjects had none of the clinical conditions (GSD). Instruments used were the WHOQOL-BREF questionnaire for QOL and the IPAQ to the LPA. Statistical analysis: In order to compare the categorical variables of LPA was used Pearson chi-square test; to compare the LPA groups expressed as metabolic equivalents was used Kruskal Wallis test; and also to compare the QOL between the groups was used an ANOVA of a complementary way with Bonferroni test (α = 0.05; SPSS v 22.0.). Results: Regarding the LPA, all groups showed similar results as the criteria for IPAQ classification, while the vast majority classified as insufficient active. When expressed in metabolic equivalents, the results did not show statistically significant differences (p <0.05): walking activities (p = 0.230), moderate intensity (p = 0.412), high-intensity (p = 0.622) and the sum of the groups (p = 0.528). QOL showed no significant differences in the fields: psychological (p = 0.164), environment (p = 0.649) and overall QoL (p = 0.707). However, the physical (p = 0.033) and social (p = 0.002) showed differences between the groups (p <0.05). The physical domain QoL was lower in GDL compared to GSD, however similar to GDII. In the social field, the GDL and GDII had lower QOL results when compared to GSD. Conclusion: The LPA similar among the three groups demonstrates that the clinical conditions does not seem to influence on how much the individuals perform physical activity in day-to-day. Regarding the QOL, the psychological, environment and overall did not differ between groups, while the physical and social domains showed differences. These results demonstrate that it seems that chronic back pain affects most significantly the physical domain, while both diabetes and chronic pain appear to significantly affect the social field.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/133059
Arquivos Descrição Formato
000983901.pdf (723.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.