Digital Repository

A- A A+

A ação da glutamina na gastropatia da hipertensão portal

DSpace/Manakin Repository

A ação da glutamina na gastropatia da hipertensão portal

Show full item record

Statistics

Title A ação da glutamina na gastropatia da hipertensão portal
Author Marques, Camila Aparecida Moraes
Advisor Marroni, Norma Anair Possa
Date 2008
Level Master
Institution Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas: Fisiologia.
Subject Gastropatias
Glutamina
Hipertensão portal
Abstract in Portuguese A hipertensão portal é uma complicação da cirrose com alterações hemodinâmicas, que se caracterizam pelo aumento do fluxo sangüíneo e/ou aumento da resistência vascular no sistema porta. É uma das principais causas da mortalidade entre pacientes cirróticos, devido à hemorragia digestiva alta, provocada pelo surgimento de colaterais portossistêmicos, ou seja, o surgimento de varizes gastro-esofágicas. A glutamina é um aminoácido abundante encontrado no músculo, plasma e tecidos. Ela atua em resposta à ação celular, no sistema imune e serve como substrato para a síntese da glutationa. O objetivo deste trabalho foi avaliar a ação da glutamina, por via intraperitonial, em estômagos de ratos, com ligadura parcial de veia porta (LPVP), avaliando a pressão portal e o estresse oxidativo. Foram utilizados 24 ratos machos Wistar, pesando em média 300g, divididos em 4 grupos: 1. SO (controle); 2. SO + G: (controle tratado com glutamina), a partir do 8º dia, administração de glutamina (25mg/Kg); 3. LPVP: ligadura parcial da veia porta; 4. LPVP + G: ligadura parcial da veia porta e, a partir do 8º dia, administração de glutamina (25mg/Kg). No 15° dia, foi verificada a pressão portal por punção da veia mesentérica dos ratos, através de um polígrafo de pressão Lettica e após a retirada de sangue para as provas de integridade hepática e dos estômagos para as medidas de estresse oxidativo. Foram quantificados os valores de proteínas (Lowry et al, 1951), os níveis de substâncias que reagem ao ácido tiobarbitúrico (TBA-RS) (Bueges e Aust, 1978) e das enzimas antioxidantes superóxido dismutase (Mirsa e Fridovich, 1983), catalase (Boveris e Chance, 1973) e, glutationa peroxidase (Flohé et al., 1974) e avaliação de nitritos e nitratos pelo reagente de Griess (Granger, 1999) em homogeneizado dos estômagos desses animais. A histologia de estômago foi avaliada pela coloração de hematoxilina e eosina (HE). Foi observado um aumento da pressão portal no grupo LPVP quando comparado ao grupo controle (P<0,05) e uma redução significativa da pressão portal no grupo LPVP+G quando comparado ao grupo LPVP (P<0,05). Houve também um aumento dos níveis de TBARS e QL e uma redução dos níveis de SOD no grupo LPVP, quando comparado aos grupos controles (P<0,05), bem como uma melhora significativa destes valores no grupo tratado com glutamina (P<0,05). Não houve diferença entre nenhum dos grupos em relação aos níveis séricos das enzimas hepáticas e dos níveis de catalase. Os níveis de glutationa peroxidase no grupo SO+G aumentaram significativamente em relação aos demais (P<0,05). Na avaliação dos metabólitos do NO, observou-se um aumento dos níveis de NO no grupo LPVP em comparação ao grupo LPVP+G (P<0,05). Na análise histológica do estômago observou-se edema e pontos de vasodilatação nos animais LPVP, enquanto no grupo LPVP+G houve redução do edema e da angiogênese. Para análise estatística, foi utilizado análise de variância (ANOVA) seguida de teste Tukey-Kramer para múltiplas comparações, sendo o nível de significância adotado de 5% (P<0,05). Este estudo sugere que a administração de glutamina, através da inibição do estresse oxidativo, reduz a pressão portal em animais com ligadura parcial de veia porta.
Abstract Portal hypertension is a complication of the cirrhosis that is characterized by the increase of the blood flow and/or of the vascular resistance in the portal system. It is one of the principal causes of mortality between cirrhotic patients due to the situation of high digestive hemorrhage in function of the appearance of portosystemic collaterals, characteristic of the gastropathy of portal hypertension. Glutamine is an abundant aminoacid found in the muscle, plasma and tissues. It acts in reply to cellular action, immune system and serves as substrate for glutationa. The objective of this study was to evaluate the action of glutamine, by intraperitonial way in stomachs of animals with partial ligature of the portal vein (LPVP), evaluating the regulation of the portal pressure and the oxidative stress. 24 male Wistar rats were used, weighing on average of 300g, divided in 4 groups: 1. Sham Operated (SO); 2. LPVP: partial ligature of the portal vein; 3. SO+Glu: from the 8th day administration of glutamine (25mg/Kg); 4. LPVP+Glu: from the 8th day administration of glutamine (25mg/Kg). In 15th day was checked the pressure in the mesenteric vein of the rats through a polygraph of pressure Lettica. Blood samples was used to evaluated the hepatic function. The stomach was used to evaluated the oxidative stress. We quantified the values of proteins, the levels of substances that react to the tiobarbituric acid (TBARS) the antioxidant enzymes superoxide dismutase and catalase and nitrites and nitrates levels by the Griess reaction in homogenized of the animals stomachs. We observed an increase of the portal pressure in the group LPVP when compared to the control group (P<0,05) and a significant reduction of the portal pressure in the group LPVP+Glu comparing to the group LPVP (P<0,05). There was also an increase of TBARS and chemiluminescense levels and a reduction of SOD levels in the group LPVP when compared to the control groups (P<0,05). The glutamine, when administered, reduced the values of TBARS in the group LPVP+Glu and increased the antioxidant enzymes. There was no difference between the groups regarding the plasmatic levels of hepatic function enzymes and catalase. The glutathione peroxidase levels in the group SO + G significantly increased compared to the other groups (P <0.05). In the assessment of the NO metabolites, there was an increase in NO levels in the group LPVP compared to the group LPVP + G (P <0.05). In histological analysis there was edema and points of vasodilation in animals LPVP, while in Group G + LPVP a reduction of edema and in the vessels growth. For statistical analysis we used analysis of variance (ANOVA) followed by Tukey-Kramer test for multiple comparisons, and the level of significance of 5% (P <0.05). This study suggests that the administration of glutamine, inhibiting the oxidative stress, reduces portal pressure in animals with partial ligature of the portal vein.
Type Dissertation
URI http://hdl.handle.net/10183/13328
Files Description Format View
000644372.pdf (1.251Mb) Texto completo Adobe PDF View/Open

This item is licensed under a Creative Commons License

This item appears in the following Collection(s)


Show full item record

Browse



  • The author is the owner of the copyrights of the documents available in this repository and is prohibited under the law, the marketing of any kind without prior authorization.
    Graphic design by Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.