Repositório Digital

A- A A+

Detecção do circovírus suíno tipo -2 (PCV2) e de Helicobacter pylori por imunoistoquímica em úlceras gástricas de suínos.

.

Detecção do circovírus suíno tipo -2 (PCV2) e de Helicobacter pylori por imunoistoquímica em úlceras gástricas de suínos.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Detecção do circovírus suíno tipo -2 (PCV2) e de Helicobacter pylori por imunoistoquímica em úlceras gástricas de suínos.
Outro título Porcine circovirus type 2 (PCV2) and Helicobacter pylori detection by immunohistochemical techniques in swine gastric ulcers
Autor Corrêa, André Mendes Ribeiro
Orientador Driemeier, David
Data 2008
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Circovirus
Helicobacter pylori
Ulcera gastrica : Suinos
[en] Gastric ulcer
[en] Helicobacter pylori
[en] PCV2
[en] Swine
Resumo O objetivo deste estudo foi analisar a participação do PCV2 no desenvolvimento de ulcerações gástricas em suínos. Descrevem-se as lesões macroscópicas e histopatológicas nas diferentes zonas do estômago de suínos naturalmente infectados pelo PCV2 e H. pylori. As lesões foram descritas nas diferentes zonas do estômago. Os estômagos coletados eram provenientes de granjas com diagnóstico prévio de infecção pelo PCV2 durante os anos de 2006 à 2008. A presença dos agentes foi verificada por técnicas de imunoistoquímica (IHQ). Dentre os 63 estômagos processados, 30 não apresentavam ulcerações no quadrilátero, sendo que 16 deles apresentavam marcação anti-PCV2 positiva em alguma das regiões analisadas. Apenas 06 casos não apresentavam marcação anti-PCV2 nos dos tecidos testados (estômago e linfonodo). Marcação positiva anti-PCV2 foi verificada em 56 linfonodos, dos quais 28 estômagos foram positivos para PCV2 em alguma zona da mucosa glandular. Grandes quantidades de antígeno do PCV2 foram observadas pela IHQ no citoplasma, núcleo e restos necróticos de células intralesionais das glândulas gástricas nas regiões do antro e cárdia; entretanto, na região do fundo, a marcação de IHQ anti-PCV2 foi restrita às células da superfície mucosa e fossetas gástricas. Marcação de IHQ anti-H. pylori foi identificada em 27 casos, principalmente, na superfície mucosa e fossetas gástricas no antro. A associação de antígenos PCV2 com células produtoras de muco lesadas na zona glandular gástrica sugere o envolvimento de PCV2 como um fator adicional para o desenvolvimento de úlceras gástricas em suínos.
Abstract The aim of this study was to describe macroscopical and histopathological found in different zones of stomachs collected from pigs naturally infected with PCV2 and H. pylori. lesions were described in the different zones of the stomach. Stomachs were collected during the years of 2006 to 2008 from herds previously diagnosed as positive for PCV2 infection. The presence of the agents was determined by immunohistochemical techniques. Among 63 stomachs examined, ulceration of the Pars oesophagica was not observed in 30 stomachs, although, 16 of them showed positive PCV2 immunostaining in some of the areas tested. PCV2 immunostaining was not observed in only six cases in any of the tested tissues (stomach and lymph node). PCV2 positive immunostaining was observed in 56 lymph nodes and in some zones of the glandular mucosa, in 28 stomachs. Large amounts of PCV2 antigen were observed in the cytoplasm and nucleus of intralesional cells and in debris of gastric glands of antrum and cardia. However, anti-PCV2 immunostaining was restricted to superficial mucosal cells and gastric pits, in the fundus. H. pylori immunostaining was observed in 27 cases, mainly pn the mucosal surface and gastric pits of the antrum. The association of PCV2 antigen with damaged glandular mucus-producing cells in the gastric glandular zone suggests a role of PCV2 as an additional factor for the development of swine gastric ulcers.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/13368
Arquivos Descrição Formato
000646191.pdf (1.610Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.