Repositório Digital

A- A A+

Lógica e escalonamento de teste para sistemas com redes intra-chip baseadas em topologia de malha

.

Lógica e escalonamento de teste para sistemas com redes intra-chip baseadas em topologia de malha

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Lógica e escalonamento de teste para sistemas com redes intra-chip baseadas em topologia de malha
Autor Amory, Alexandre de Morais
Orientador Lubaszewski, Marcelo Soares
Co-orientador Moraes, Fernando Gehm
Data 2007
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Programa de Pós-Graduação em Computação.
Assunto Microeletronica
Testes : Sistemas digitais
[en] Core-based testing
[en] Modular testing
[en] Networks-on-chip
[en] System-on-chip testing
[en] Test scheduling
[en] Test wrapper
Resumo Com o avanço da tecnologia de fabricação de chips o atraso em fios globais será maior que o atraso em portas lógicas. Além disso, fios globais longos são mais suscetíveis a problemas de integridade como crosstalk. Uma proposta recente de interconnecção global chamada redes intra-chip reduz essas limitações referentes a fios longos. Além dessas vantagens, redes intra-chip permitem desacoplar comunicação e computação, dividindo um sistema em sub tarefas independentes. Devido as essas vantagens é possível integrar mais lógica em um chip que usa redes intra-chip. Entretanto, o acréscimo de lógica no chip aumenta o custo de teste. Os módulos do chip precisam de mecanismos para transportar dados de teste, que são tipicamente barramentos usados exclusivamente para teste. Entretanto, como mencionado anteriormente, fios globais são caros e acrescentar barramentos de teste pode não ser possível em um futuro próximo. Por outro lado, uma rede intra-chip tem acesso a maioria dos módulos do chip. Esta rede pode ser usada para transportar dados de teste, evitando o acréscimo de barramentos dedicados ao teste. O objetivo dessa tese é estudar o uso de redes intra-chip para o transporte de dados de teste, enfatizando uma abordagem genérica que possa ser aplicada a uma dada rede. Para tanto, essa tese foi divida em três partes: modelos, projeto, e otimização. A tese propõe um modelo funcional de rede que é compatível com a maioria das recém propostas redes intra-chip. O modelo de teste, baseado no modelo funcional da rede, compreende o conjunto de informações necessárias para otimizar a arquitetura de teste. A arquitetura de teste, por sua vez, consiste de lógica para teste e algoritmo de otimização. A lógica de teste compreende lógica para ATE interface e lógica envoltória para módulos de hardware. Os algoritmos otimizam o tempo de teste e a área de lógica de teste no nível dos módulos e no nível do chip. Uma arquitetura convencional de teste de SoCs baseada em barramento de teste dedicado foi comparada com a arquitetura proposta para SoCs baseados em redes intra-chip. Os resultados apontam que o tempo de teste do SoC com a arquitetura proposta aumenta em média 5%. Os resultados também mostram que a lógica de teste da arquitetura proposta é cerca de 20% maior que na arquitetura de teste convencional. Por outro lado, o fluxo de projeto baseado na arquitetura de teste proposta é mais simples que a convencional. Além disso, a arquitetura proposta reduz o nÚmero de fios globais em torno de 20% a 50% para SoCs complexos. Estes resultados demonstram que a arquitetura proposta é melhor para sistemas complexos com um grande nÚmero de módulos.
Abstract With the advance of microchip technology, global and long wires will cost more in terms of delay than in terms of logic gates. ln addition, long wires are more susceptible to signal integrity problems such as crosstalk. A recently proposed global interconnect called network-on-chip alleviates the limitation of long wires. Moreover, on-chip networks allow decoupling communication and computation to divide a complete system into manageable and independent sub tasks. Thus, it is possible to integrate more logic into the chip using network-on-chip. However, the complexity growth of cores also increases the test costs since more logic is embedded into a single chip. These embedded cores need a test access mechanism for test data transportation, typically implemented as test-dedicated buses. As mentioned before, global wires are expensive, then, adding test buses may not be feasible in the near future. On the other hand, the on-chip network has access to most cores of the chip. This network could be used also for test data transportation, avoiding additional test-dedicated buses. The goal of this thesis is to study the reuse of on-chip networks for test data transportation, looking for a general reuse approach that can be easily used in a given network. To reach this goal, the thesis is divided in three parts: models, design, and optimization. This thesis proposes a functional model of a network, compatible with most recently proposed best-effort on-chip networks. Based on this functional model, a test model is devised. The test model comprises of a set of necessary and sufficient information required to optimize the test architecture. The test architecture consists of DfT logic and scheduling algorithm. The design of DfT logic comprises adaptation logic for the external tester and test wrappers for the modules. The optimization procedure, focused on mesh-based best-effort NoCs, schedules test data such that the chip test length and DfT silicon are a are minimized. A conventional SoC test architecture based on test-dedicated buses is compared to the proposed approach for best-effort NoCs. The experimental results show that SoC test length has increased 5% on average. The results have also shown that the are a overhead for proposed DfT is around +20% compared to the silicon area to implement the DfT of a convehtional test architecture. On the other hand, we have also presented a simpler design fiow and 20% to 50% of global wiring savings due to the use of NoC for test data transportation. The results corroborate with the conclusion that the proposed NoC reuse is a good approach for complex systems based on a large number of cores and routers.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/13482
Arquivos Descrição Formato
000648220.pdf (1.766Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.