Repositório Digital

A- A A+

Levantamento da diversidade de percevejos-do-mato (Heteroptera : Pentatomoidea) na Serra do Sudeste, Rio Grande do Sul, Brasil

.

Levantamento da diversidade de percevejos-do-mato (Heteroptera : Pentatomoidea) na Serra do Sudeste, Rio Grande do Sul, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Levantamento da diversidade de percevejos-do-mato (Heteroptera : Pentatomoidea) na Serra do Sudeste, Rio Grande do Sul, Brasil
Autor Bunde, Paulo Roberto Sousa
Orientador Grazia, Jocelia
Co-orientador Mendonca Junior, Milton de Souza
Data 2005
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal.
Assunto Diversidade animal
Percevejos-do-mato
Rio Grande do Sul
Resumo Este trabalho visa contribuir para o levantamento sistemático e o conhecimento da fauna de percevejos-do-mato do bioma campos sulinos, avaliando sua riqueza de espécies, abundância e similaridade da fauna entre os ambientes amostrados. Para tal, foram realizadas saídas de campo bimestrais para os municípios de Canguçu e Caçapava do Sul, RS. As amostragens foram realizadas com a utilização de duas redes de varredura e um guarda-chuva entomológico. Foram selecionados 3 pontos de coleta por município, sendo amostrados os ambientes campo, interior e borda de mata. As áreas de estudo estão situadas na região fisiográfica da Serra do Sudeste, possuindo cobertura vegetal bem diversificada, pertencendo ao bioma Campos Sulinos. O relevo é fortemente ondulado, com altitudes que variam de 200 a 500 m. Um total de 210 horas de amostragem resultou em 444 espécimens (110 imaturos e 334 adultos) distribuídos em cinco famílias, sete subfamílias, 23 gêneros e 47 espécies. Entre as espécies registradas, 32 (68,08%) pertencem à família Pentatomidae, 8 (17,02%) a Scutelleridae, 4 (8,51%) a Corimelaenidae, 2 (4,25%) a Megarididae e 1 (2,21%) a Acanthosomatidae. Foram encontrados 3 registros de espécies novos para o estado, um registro de família novo para o estado e uma espécie nova para a Ciência. As espécies mais abundantes foram Mormidea cornicollis Stål, 1860, com 13,17% de abundância relativa registrada ao longo do ano e Thyanta humilis Fabricius, 1794 com 11,07%. As estimativas gerais de diversidade foram de S = 47, H’ = 3,22 (índice de Shannon-Wiener) e D = 0,058 (índice de Simpson). Abundância, riqueza de espécies e composição foram relativamente homogêneas entre as trilhas e nos ambientes campo e borda. Canguçu e Caçapava do Sul tiveram cada uma o mesmo número de espécies exclusivas (13); dentre as trilhas, a Pedra do Segredo obteve o maior número de espécies exclusivas (9). A fauna apresentou marcada sazonalidade com picos de riqueza de espécies e abundância no outono e verão, sendo tempo o principal fator significativo numa MANOVA da riqueza de espécies e abundância. As curvas de distribuição de abundância seguem o padrão da série logarítmica, tanto para o total da comunidade quanto para os ambientes campos e borda de mata, indicando uma possível influência antrópica nas áreas amostradas, ou comunidades pioneiras. O grau de suficiência amostral foi elevado tendo em vista a duração e abrangência do trabalho, o que é corroborado pelos resultados das performances dos estimadores de riqueza de espécies: Bootstrap=54,1 spp.; Chao 1=52,2 spp.; M.Menten=62,6 spp. e Jacknife 1=61,5 spp. A ANOSIM constatou que apesar da presença de espécies exclusivas nas trilhas, isto não foi suficiente para diferenciar a composição entre as trilhas, indicando a presença de comunidades similares. Este trabalho representa uma primeira avaliação da diversidade da superfamília Pentatomoidea no país, tendo permitido identificar os primeiros padrões ecológicos para o grupo em ambientes naturais.
Abstract This work presents a systematic survey of the stinkbug fauna of the Southern Fields biome, evaluating species richness, abundance and faunal similarity among sampled environments. Bimonthly field trips were done to the municipalities of Canguçu and Caçapava do Sul, RS. Sampling employed sweeping nets and beating tray. Two sampling points (trails) per municipality were chosen, with grasslands, forest edge and forest included. The study areas are in the physiographic region of the “Serra do Sudeste”, having a diverse plant cover. The region varies in altitude from 200 to 500 m. A total of 210 hours of sampling resulted in 444 specimens (110 imatures and 334 adults) distributed among five families, seven subfamilies, 23 genera and 47 species. Among the species recorded, 32 (68,08%) belonged to the Pentatomidae family, 8 (17,02%) to Scutelleridae, 4 (8,51%) to Corimelaenidae, 2 (4,25%) to Megarididae and a single one (2,21%) to Acanthosomatidae. There were 3 new species records to the State, one new family record to the State and one species new for Science. The most abundant species were Mormidea cornicollis Stål, 1860, with 13,17% of relative abundance recorded across the year and Thyanta humilis Fabricius 1794 with 11,07%. The general diversity indexes were S = 47, H’ = 3,22 (Shannon-Wiener index) e D = 0,058 (Simpson index). Abundance, species richness and composition were relatively homogeneous among trails and for the grassland and edge environments. Canguçu and Caçapava do Sul had the same number of exclusive species each (13); among the trails, “Pedra do Segredo” had the higher number of exclusive species (9). The fauna shows a marked seasonality with species richness and abundance peaks in autumn and summer, with time the main factor in a MANOVA for species richness and abundance. The abundance distribution curves follow the logseries, both for the community overall and grasslands and forest edges separately, indicating a possible anthropic influence in the sampling areas, or pioneer communities. The degree of sampling sufficiency was high given the duration and width of the work developed here, which is corroborated by the results of the species richness estimators: Bootstrap=54,1 spp.; Chao 1=52,2 spp.; M.Menten=62,6 spp. e Jacknife 1=61,5 spp. The ANOSIM showed that despite the presence of exclusive species on the trails, this was not enough to differentiate the trails in terms of species composition, indicating the existence of similar communities. This work represents the first evaluation of the diversity of the Pentatomoidea superfamily in this country, allowing the identification of the first ecological patterns for this group in natural environments.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13592
Arquivos Descrição Formato
000626531.pdf (777.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.