Repositório Digital

A- A A+

Comparação entre frutose-1,6-bisfosfato e solução de Wisconsin na preservação de fícados de ratos : a influência do estado nutricional do doador

.

Comparação entre frutose-1,6-bisfosfato e solução de Wisconsin na preservação de fícados de ratos : a influência do estado nutricional do doador

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparação entre frutose-1,6-bisfosfato e solução de Wisconsin na preservação de fícados de ratos : a influência do estado nutricional do doador
Autor Mota, Stela Maria
Orientador Álvares-da-Silva, Mário Reis
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências em Gastroenterologia.
Assunto Estado nutricional
Fígado
Frutose-bisfosfatase
Modelos animais de doenças
Seleção do doador
Soluções para preservação de órgãos
Resumo O uso de órgãos provindos de doadores com critérios estendidos tem-se tornado bastante comum em transplante hepático (TxH). Com freqüência, os doadores encontram-se agudamente desnutridos ou apresentam critérios sugestivos de síndrome metabólica e, conseqüentemente, esteatose hepática. Há sugestões de que estados nutricionais alterados possam se refletir na qualidade do enxerto, e são necessárias medidas para contrabalançar estes efeitos. A solução da Universidade de Wisconsin (UW) é o padrão para TxH, e alguns estudos experimentais sugerem que a frutose-1,6-bisfosfato (FBP) possa ser útil na preservação de órgãos. O presente estudo tem o objetivo de comparar a influência do estado nutricional sobre o dano de isquemia a frio, utilizando soluções de preservação distintas. Foram utilizados ratos 35 Wistar machos, divididos em 3 grupos, de acordo com a dieta: I: dieta normal; II: dieta restrita e III: dieta hiperlipídica (dieta Lieber-De Carli modificada). Os animais foram aleatoriamente alocados e receberam dieta padronizada por 4 semanas, de acordo com o grupo. Foi realizada hepatectomia, sob anestesia inalatória, e os fígados foram preservados durante 8 horas em solução de FBP ou de UW. O dano de preservação foi estimado através de alíquotas do líquido de preservação (LP), com dosagem de AST, ALT e LDH, lipoperoxidação (através de TBARS), geração de antioxidantes endógenos e exame anatomopatológico. O estado nutricional teve influência na qualidade da preservação. Os fígados de ratos submetidos à dieta restrita foram os que tiveram a menor lesão de isquemia a frio, enquanto que os submetidos à dieta hiperlipídica, a pior (p<0,05). Nos ratos submetidos à dieta normal e restrita, a lesão de isquemia a frio foi menos intensa por todos os critérios nos ratos preservados com FBP (p<0,05). Nos ratos submetidos à dieta hiperlipídica, não houve diferença entre as soluções.
Abstract Donor shortage is becoming a huge problem in the last years, and this fact indeed stimulates the use of organs from extended criteria donors for liver transplant (LT). These donors are submitted to the risks of acute malnutrition and, often, there are metabolic syndrome and liver steatosis. Nutritional donor status may influence graft quality after harvesting. Most of LT centers use to adopt University of Wisconsin (UW) solution for preservation, and some experimental studies suggest that in this scenario FBP also could be used. This study aims to evaluate the influence of donor nutritional status on ischemic injury of UW or FBP preserved rat livers. There were studied 35 male Wistar rats, randomly assigned into 3 groups, accordingly to the diet: I- normal diet; II: restricted diet; III: high-fat liquid diet (Lieber-De Carli modified diet), offered by 4 weeks. Livers were preserved after hepatectomy during 8 hours either with FBP or UW. Ischemic injury was assessed by AST, ALT, LDH, TBARS, catalase and also by histopathological study. Nutritional donor status does affected graft quality. Livers from rats submitted to restricted diet had lower ischemic injury, while those from high-fat diet got worse results (p<0.05). Regarding preservation solution, ischemic injury was less pronounced in livers from rats that received normal or restricted diets, and were preserved with FBP (p<0.05). There was no difference between both solutions on the ischemic injury of livers from high-fat diet fed rats.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/13685
Arquivos Descrição Formato
000652531.pdf (921.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.