Repositório Digital

A- A A+

Jardim de Falos : fantasia, exagero e diversão em uma poética em artes visuais

.

Jardim de Falos : fantasia, exagero e diversão em uma poética em artes visuais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Jardim de Falos : fantasia, exagero e diversão em uma poética em artes visuais
Autor Rodrigues, Priscila Martinelli
Orientador Ramos, Paula Viviane
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Curso de Artes Visuais: Bacharelado.
Assunto Escultura
Falo
Fantasia
Porto Alegre (RS)
Sentidos
Resumo As esculturas fálicas do Jardim de Falos, que fazem parte de uma instalação, são um mergulho na fantasia de um mundo encantado. As obras misturam elementos e materiais contemporâneos com uma antiga temática que está presente na humanidade desde o éon. A síncope entre o mote sexual e elementos de luxúria, também remetem aos antigos cabarés. O trabalho não explora o sexo como tema principal, mas a referência de um ícone representado em todas as culturas desde sempre: o falo. O Jardim de Falos tem como objetivo propor um convite a adentrar em um mundo de fábulas, que beira a ingenuidade; expor a representação fálica de maneira lúdica, de um mundo imaginário. Peças multicoloridas e brilhantes, cheiros, sons, texturas e delícias para animar o paladar, fazem parte dessa instalação.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/139072
Arquivos Descrição Formato
000989852.pdf (7.383Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.