Repositório Digital

A- A A+

Possibilidades para a profissionalização de mulheres privadas de liberdade : o caso de um Curso de Maquiagem Artística e Estética

.

Possibilidades para a profissionalização de mulheres privadas de liberdade : o caso de um Curso de Maquiagem Artística e Estética

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Possibilidades para a profissionalização de mulheres privadas de liberdade : o caso de um Curso de Maquiagem Artística e Estética
Autor Braz, Daniele Adriana
Orientador Cunha, Aline Lemos da
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Licenciatura.
Assunto Direitos da mulher
Educação prisional
Resumo O presente estudo tem como foco analisar duas edições de um curso de maquiagem artística e estética oferecidos pelo Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), para detentas da Penitenciária Feminina Madre Pelletier (PFMP), com o objetivo de problematizar projetos educacionais direcionados às mulheres privadas de liberdade, especialmente àqueles que integram a qualificação profissional. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, em que são apresentadas e analisadas as perspectivas dos sujeitos participantes (BOGDAN E BIKLEN, 1982 apud LUDKE E ANDRÉ, 1986), não apenas para “contar opiniões”, mas para refletir sobre as diferentes representações sobre o assunto em questão, apontadas pelos sujeitos. A coleta de dados, para esta pesquisa, foi feita através de entrevistas semi estruturadas, a partir de tópicos-guia (GASKELL, 2002). Foram entrevistados: professores, detentas, gestores do IFRS, que atuaram nas duas edições do curso de maquiagem, e uma agente penitenciária. Partindo dos enfoques na gestão, no currículo e nos direitos humanos das mulheres, foi possível refletir a respeito das duas edições do referido curso. Nossas análises consideram que os cursos ofertados para esse público, tendo em vista os princípios da Educação de Jovens e Adultos privados de liberdade e ao fato de tratar-se de propostas direcionada ao público feminino precisam, além de integrar o conhecimento da profissão com as diferentes áreas do conhecimento, problematizar os direitos humanos das mulheres com vistas à emancipação destas e ao cumprimento dos objetivos previstos em Lei para a Educação Prisional.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/139277
Arquivos Descrição Formato
000990205.pdf (709.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.