Repositório Digital

A- A A+

Comportamento neuromuscular em jogadores de voleibol profissional submetidos ao modelo de periodização linear

.

Comportamento neuromuscular em jogadores de voleibol profissional submetidos ao modelo de periodização linear

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comportamento neuromuscular em jogadores de voleibol profissional submetidos ao modelo de periodização linear
Autor Mello, Diego de
Orientador Peyré-Tartaruga, Leonardo Alexandre
Co-orientador Berriel, Guilherme Pereira
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Treinamento
Voleibol
[en] Periodization training
[en] Strength training
[en] Volleyball
Resumo O voleibol é um esporte que exige uma alta demanda do sistema neuromuscular, devido às ações de jogo como sprints, bloqueios e ataques serem executados de forma explosiva e em curto espaço de tempo, os jogadores atuais têm de ser cada vez mais aptos a produzir elevados níveis de força em alta velocidade. O conhecimento de como cada modelo de periodização influi no desenvolvimento dos componentes de força dominantes no voleibol auxilia na correta prescrição do treino e na distribuição das cargas objetivando o contínuo desenvolvimento físico dos atletas. Porém poucos estudos têm sido feitos com atletas de elite de voleibol buscando conhecer essas respostas. O objetivo desse estudo é determinar, comparar e avaliar o desenvolvimento de variáveis neuromusculares dominantes no voleibol em um modelo de periodização linear do período básico até o final do pré-competitivo. Treze jogadores de voleibol integrantes de uma equipe da superliga nacional foram avaliados. Variáveis neuromusculares como força, potência e velocidade foram avaliadas no supino e no agachamento através de um acelerômetro portátil e a altura de salto vertical no Countermovement jump arm (CMJA), countermovement jump (CMJ) e Squat jump (SJ) em um tapete de contato. Foram aplicados os testes de Shapiro-Wilk e Levene para testar a normalidade e a homogeneidade dos dados. Para verificar diferenças nas variáveis neuromusculares ao longo do tempo o teste de Anova medidas repetidas foi aplicado. Constatou-se que com o modelo linear de periodização, nos parâmetros neuromusculares avaliados, houve melhoras significativas na força e potência com o Myotest e na altura de salto vertical do SJ, CMJ e CMJA do período básico até o início do período pré-competitivo, após os resultados estabilizaram e se mantiveram durante todas as etapas finais do Mesociclo pré-competitivo.
Abstract Volleyball is a sport that requires a high demand of the neuromuscular system due to game actions such as sprints, blocks and attacks be performed explosively and in short time, the current players have to be increasingly able to produce high force levels at high speed. The knowledge of how each periodization model influences the development of the dominant force components in volleyball assists in the correct prescription of training and distribution of loads aiming at continuous physical development of athletes. But few studies have been done with volleyball elite athletes seeking to know these answers. The aim of this study is to determine, compare and evaluate the development of dominant neuromuscular variables in volleyball in a linear periodization model. Thirteen volleyball players members of a team of national superalloy were evaluated. Neuromuscular variables such as strength, power and speed were evaluated in bench press and squat through portable Myotest pro system and vertical jump height in countermovement jump arm, countermovement jump and Squat jump on a contact mat. The Shapiro-Wilks and Levene tests to test for normality and homogeneity of data were applied. To verify differences in neuromuscular variables over time the repeated measures ANOVA test was applied. It was found that with the linear model of periodization in neuromuscular evaluated, there were significant improvements in strength and power with the Myotest and the height of the vertical jump SJ, CMJ and CMJA from basic preparation period to pre-competitive period, after these results stabilized and maintained during all the final stages of the mesocycle pre-competitive.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/139422
Arquivos Descrição Formato
000990170.pdf (1.196Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.